A esquerda e o massacre na Noruega

Um norueguês maluco matou 76 pessoas. O New York Times imediatamente colocou uma manchete enorme dizendo que se trata de um cristão fundamentalista. Mas que jornal horroroso. Mentira e desonestidade do famoso bastião liberal americano. Anders Behring não está ligado à nenhuma igreja, nenhuma associação cristã.

O que se pretende é óbvio: 1) Diminuir o cristianismo porque a maioria dos cristãos se opõem  ao casamento de gays, á legalização das drogas e outras medidas que agradam aos liberais americanos. 2) Procurar uma equivalência entre a Jihad, a Al Qaeda e um suposto movimento também terrorista, de direita. Quando Timothy McVeigh, outro maluco, explodiu um prédio em Oklahoma, em 1995, o presidente Clinton aproveitou para dar um show nos Estados Unidos, alertando para uma grande organização de direita, ligada ao conservadorismo americano. Isso nunca foi provado, mas McVeigh é sempre citado pela esquerda. Dessa maneira, de uma hora para a outra os fundamentalistas cristãos (Reagan era um deles) se tornam perigosos. Os Liberais procuram mascarar a realidade de que todos os dias fundamentalistas islâmicos se explodem , e já mataram dezenas de milhares de pessoas. Não existe nenhum movimento de direita, nenhuma Klu, Klux, Klan, que faça nada nem parecido.

É notório que os Democratas-Liberais não gostam da maneira como os Conservadores reagem aos atos de terrorismos dos muçulmanos. São muitos os exemplos: Querem fechar Guantânamo, estúpidamente condenam o waterboarding, apoiam a construção da mesquita em NYorque ao lado das Torres, gostariam que Khalid Sheikh Mohammed, o organizador daquele ataque, fosse julgado por um tribunal civil na esperança de que possa ser absolvido ou qualquer coisa do gênero, defenderam o major islâmico Nidal Hasan que provocou um massacre em Fort Hood, em 2009, como se fosse um homem estressado e não um jihadista, e por aí vão, sempre do lado dos criminosos. A respeito de Fort Hood clique em cima para ler meu artigo ” Nós, os preconceituosos”

Sabemos que os Democratas- Liberais são relativistas, isto é, sempre procuram uma segunda versão que desminta a realidade. Com respeito aos terroristas muçulmanos eles julgam os americanos em parte culpados por seu comportamento, já que os árabes, persas e escambau ainda estão na vanguarda do atraso porque teriam sido explorados e maltratados pelos colonialistas ocidentais. O curioso é que os Estados Unidos nunca tiveram uma colônia por aquelas bandas e, pelo contrário, desde a Primeira Guerra Mundial sempre manifestaram profunda antipatia pelo que inglêses, francêses, holandêses, alemães, belgas, italianos, fizeram com os nativos da Ásia e África. Alegam também outros motivos, que envolvem Israel, petróleo e muita coisa mais. Um monte de teorias conspiratórias está incluído no repertório, não podemos nos esquecer.

O que motivou o louco Anders Bhering foi o fato de que o partido trabalhista da Noruega, atualmente no poder, está recebendo de braços abertos milhares de refugiados do Paquistão, Iraque, Somália e outros lugares horriveis. Ideologia acompanhando o oportunismo, porque, proliferando feito ratos, todos esses imigrantes vão engrossar as fileiras do Partido Trabalhista. Além disso, Anders também teme pelo destino da Noruega sob influência marxista, o que mostra seu grau de desinformação, embora não deixe de haver uma pontinha de verdade no seguinte: os trabalhistas não são marxistas, isso acabou, mas são de esquerda, e existe uma pequena conexão entre eles.

A Noruega é talvez o país mais bonito de toda a Europa. Bem grande, mas com uma população pequena, de apenas 4 milhões de habitantes. Um paraíso. Sua capital, Oslo, tem  500 mil habitantes, e saindo-se da cidade, em apenas 10 minutos não se enxerga mais ninguém. É muito lindo. Suas mulheres são de cair o queixo. Para cada lado que se olhe lá estão elas, maravilhosas, louríssimas, corpos esculturais, e ainda acontece que existem morenas com os olhos azuis que é o cúmulo do bonito. Evidentemente o “multiculturalismo” vai mandar tudo isso para o espaço. Espero publicar um post só de fotos que tirei de mulheres norueguesas.

Em suma, o causador dessa desgraça, dessa infelicidade para milhares de pessoas, é um louco que matou seus compatriotas em protesto pelo que pode vir a acontecer na Noruega. Teve cúmplices ? Não sei, a imprensa mentirosa diz que sim, mas de qualquer forma nada do que ele, ou eles, fizeram se compara com o tremendo movimento jihadista no mundo, que de uma hora para a outra pode ter a bomba atômica, além de ser o responsavel por estarmos vivendo as guerras do Afeganistão e do Iraque. O que a esquerda pretende, repito, é nos confundir, inventando um novo movimento terrorista, este de direita.

Por último: Eu, se fosse norueguês, estaria danado da vida com a destruição do maravilhoso país pelos imigrantes, mas juro que não daria tiro em ninguém.

26 julho, 2011 às 13:18

Tags:

Categoria: Artigos

Comentários (2)

 

  1. Jonas disse:

    Mafra,

    Os homens estão mais p/ vira-latas do que p/ beagles, lhasas, basset, etc. O multiculturalismo é o processo natural da humanidade, qualquer coisa contrária é mera fantasia.
    Não sou loiro, mas seria uma maravilha um intercâmbio com umas norueguesas altas e esbeltas…rs
    Abçs!

    Jonas

    • Claudio Mafra disse:

      Alguns dias mais e publico as fotos de norueguesas e dinamarquesas. Algumas posaram e outras peguei de surpresa. Que viver verá. ABRAÇO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *