Berlusconi – o bom humor contra a hipocrisia e o politicamente correto

O BILL CLINTON PODE, NÃO É ?! Conversar pelo telefone com o senador presidente da Comissão de Defesa, ao mesmo tempo em que recebia um boquete da Mônica, dentro do Salão Oval!! Esse foi o ato mais vergonhosamente grave da história republicana americana. Depois, esse cafajeste comete obstrução de justiça, perjuro, as putas vão para a TV falar sobre ele, uma coisa extraordinária,como nunca se viu antes. Até no Paraguai ele seria posto para fora, mas… foi apenas sexo, nada a ver com política, não é mesmo ? Os sofisticados Liberais disseram que uma coisa era a vida particular, outra a vida pública, sem se importarem o mínimo com o perjuro, a confissão de culpa após ser desmascarado. E quem consegue ser contra esses seres magníficos, que nos humilham com sua erudição e sua concepção extraordinária do relativismo ?

É muito diferente quando se trata do troglodita Berlusconi. Nesse caso  a indignação é mundial. Claro, ele é um ignorante, rico, de direita, racista, um grande canalha, que os italianos na sua insensatez elegeram.  Então, Clinton, que deveria ter sido deposto por haver mentido para  duzentas milhões de pessoas,  ( pela TV para o mundo todo – por isso mesmo é o maior mentiroso de toda a História) e mentido diante do juiz, está mais ativo do que nunca, e vamos condenar o outro sujeito porque é um mulherengo rico, mas que nada fez de grave.  Acontece que Clinton é de esquerda e Berlusconi de direita.

Vejam o que diz Margaret Thatcher:” A verdade é que Silvio Berlusconi e seu partido Forza Italia, juntamente com a Liga do Norte e a Aliança Nacional, representam tudo que os esquerdistas no poder dentro da União Européia temem e detestam. O Sr. Berlusconi é um empresário dinâmico e não um burocrata reciclado. Ele e seus colaboradores são radicalmente anticomunistas….Uma orquestrada campanha difamadora conduzida pela mídia em toda a Europa, do tipo que raramente tenho visto na política, foi lançada contra o Senhor Berlusconi, para intimidar o eleitorado italiano e fazê-lo apoiar a esquerda. Fiquei furiosa com essa campanha e o apoiei, bem como a seus companheiros, em carta aberta que dirigi à imprensa italiana. Concluí :”Esta não é a primeira vez que a União Européia tenta intimidar eleitores de países. Mas pode ser a última, se a Itália se recusar a dobrar os joelhos”

(um texto depois das fotos )

MORDAM-SE DE INVEJA:



Como eu disse, a esquerda e os liberais acham Berlusconi um grosso, um direitista (palavrão), um depravado, um corrupto, sujeito horroroso. Acontece que ele é milionário, vive rodeado de mulheres lindas, é dono, nada mais, nada menos, do que do Milan! Não dá a mínima para as críticas sobre seu comportamento. Como sabe aproveitar a vida ! E todos têm uma inveja DESSE TAMANHO!! Eu gosto muito dele. Qualquer um que derrote a esquerda tem o meu apoio. Achei excelente as suas últimas declarações Vejam só que bom humor:

ROMA
O primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, aconselhou ontem que as jovens italianas procurem maridos ricos para resolver problemas financeiros. Durante a convenção da ala jovem de seu partido, o Povo da Liberdade, ele foi questionado sobre o assunto e respondeu com uma piada sobre casamentos. “Elas me procuram por quatro razões. Primeiro, porque sou simpático. Segundo, porque tenho dinheiro. Em terceiro lugar, porque, diz a lenda, sei fazer “aquilo” direito. Por fim, porque acham que sou velho, morrerei logo e elas herdarão tudo.”

Além da defesa do casamento por dinheiro, Berlusconi recebeu críticas por ter feito piada sobre Hitler. O premiê disse, em tom jocoso, que os seguidores do líder nazista estariam desejando sua volta ao poder. “Hitler respondeu que só voltaria sob uma condição. Da próxima vez, serei mau”, disse o premiê, que arrancou gargalhadas da plateia.

Berlusconi também comentou a derrota do Milan, clube do qual é dono, para o modesto Cesena, na última rodada do campeonato italiano. Segundo ele, a equipe teve três gols “roubados”. “A culpa é dos árbitros de esquerda que apitam os nosso jogos”, afirmou.

Tudo ótimo. A gozação sobre ele mesmo, a piada sobre Hitler, e outra piada sobre o Milan. O que me chamou mais a atenção foi a brincadeira sobre Hitler. É absolutamente proibido citar esse nome a não ser em termos seríssimos. O demônio alemão. Berlusconi jogou isso para o alto. Nem se incomodou. Se temos as foices e martelos sendo agitadas em nossa cara, camisetas com Lenin, Che, Mao, um apoio disfarçado ao terrorismo, e todas essas irracionalidades, por quê o sacrossanto respeito ao mencionar o satanaz alemão ? Em suma: comunismo pode, e nazismo não. E o anti-semitismo continua comendo solto, tanto na direita quanto na esquerda.

Em alguns países da União Européia é crime negar o Holocausto. Desconfio que no Brasil também, não tenho certeza. Discordo na totalidade. Direito de expressão é sagrado. E vocês, meus amigos, sabem que eu sou inteiramente a favor de Israel.

Vamos deixar a hipocrisia de lado e também o comportamento de julgarmos a mesma coisa com padrões diferentes, um para a esquerda, outro para a direita. Grande Berlusconi!

1 outubro, 2010 às 19:45

Tags:

Categoria: Artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *