Bill O’Reilly: Crucificando Mitt Romney; Rosemary, claro, é amante de Lula; Importantíssimo: O Comandante do Exército compareceu à Solenidade da Intentona Comunista ( documento e fotos circulando entre intelectuais brasileiros); Simon’s Site: Manifesto apoiando Claudia Costin, secretária de Educação da cidade do Rio, e Corporativismo, de novo, contra a educação ( João Batista Araujo e Oliveira)



Uma das coisas ruins a respeito da America é que alguns de nós sentimos a necessidade de criticar as pessoas quando elas estão por baixo. É exatamente o que esta acontecendo com Mitt Romney nesse momento. Milhões de americanos estão muito desapontados porque o governador não manteve uma campanha mais agressiva para desbancar o presidente Obama . Em vez disso, Romney agiu com precaução, falhando em malhar mais fortemente o presidente na questão da Líbia no terceiro debate, e depois ficou quieto nos oito últimos dias da campanha.

 

Após a vinda do furação Sandy, atingindo a Costa Leste, o governador simplesmente desapareceu do ciclo de notícias. Aparentemente estava tudo bem com ele porque ele teve muitas oportunidades para defender sua causa com alguma urgência no ultimo final de semana, mas deixou passar.   Então, o time do presidente Obama, dirigido pelo brilhante David Axelrod, ganhou de muito o quarto trimestre. Eles identificaram com precisão os votantes que poderiam apoiá-los e puseram-nos para votar no dia da eleição. Enquanto isso, a campanha de Romney fazia uma série de aparições locais dizendo a mesma coisa milhares de vezes. Mais cedo na noite da eleição, quando as tendências começaram a aparecer, eu disse isso…

(INÍCIO DO VIDEOCLIPE)

O’REILLY: Este é um país que está em mudança, os dados demográficos estão mudando. Esse país não é mais aquela America tradicional. E há 50% dos eleitores que querem coisas, eles querem coisas. E quem vai lhes dar essas coisas?  Presidente Obama. E ele sabe disso. E ele aproveitou isso. (FIM DO VIDEOCLIPE)

O’REILLY: Agora, aí esta a verdade. E não há como negar as estatísticas das pesquisas de boca de urna. No entanto, alguns liberais americanos estavam indignados porque eu realmente disse a verdade. Eu vou lhes dizer porque. Oito dias após a eleição, Mitt Romney participou de uma conferencia com seus doadores e disse isso mesmo que eu disse.

(INÍCIO DO AUDIOCLIPE)

MITT ROMNEY, CANDIDATO PRESIDENCIAL REPUBLICANO: O que o presidente, a campanha do presidente fez, foi focar em certos membros de sua base de coalizão, dar a eles grandes brindes financeiros do governo e então trabalhar muito agressivamente para fazê-los votar. (FIM DO AUDIOCLIPE)

O’REILLY: Novamente esta é a verdade. E aqui esta o registro: 20% daqueles eleitores que votaram no dia da eleição ganham menos de 30.000 dólares por ano. Estas pessoas são ou pobres ou perto disso. Muitas delas recebem benefícios – ticketalimentação, auxílio moradia, esse tipo de coisa. E é claro, eles não querem que esses programas sejam cortados ou reformulados. Entre os americanos que fazem menos de 30.000 dólares por ano, 63% votaram em Barack Obama. Apenas 35% votaram em Mitt Romney.   Daquele grupo o presidente recebeu mais ou menos sete milhões a mais de votos do que Romney. O senhor Obama ganhou o voto popular por três milhões e meio. Logo, é fato que americanos de renda mais baixa reelegeram em peso o presidente Obama.

Agora, a esquerda vai gritar quando vocês disserem isto por que eles não querem reconhecer a faceta econômica do voto. Então, quando eu disse a vocês a verdade na noite da eleição, eu fui imediatamente taxado de racista e coisas piores.   Isso é o que os americanos deveriam entender. Os liberais se julgam nobres de intenções. Eles não querem considerar o fato de que benefícios compram votos. Isto vai contra as suas sensibilidades. Então, se vocês dizem a eles a verdade, que esses benefícios realmente compram votos, eles atacam vocês.

 

Mas agora, Mitt Romney esta também tendo isso vindo da direita. O conservador George Will provocou Romney no domingo.

(INÍCIO DO VIDEOCLIPE)
GEORGE WILL, JORNALISTA: Deixe de desdenhar o povo americano, particularmente pelas muitas das razões pelas quais eles estão sendo desprezados por vocês, políticas republicanas de … quando Mitt Romney disse que tantos americanos não estão prestando atenção, sim, porque os republicanos dobraram, por razões conservadoras, o desconto de imposto da criança. Sim, porque eles expandiram o crédito dos impostos sobre rendimentos como Ronald Reagan fez porque eles pensavam que isso era um programa antipobreza efetivo.(FIM DO VIDEOCLIPE)

O’REILLY: O senhor Will esta levantando questão por ninharias. Não importa de onde os direitos vêm! Milhões de americanos os querem. Eles querem que o governo os sustente. Newt Gingrich também criticou severamente Romney

(INÍCIO DO VIDEOCLIPE)

GINGRICH: Eu apenas acho que isso é loucura. Quero dizer antes de tudo, isso é insultante. Seria como o Wal-Mart ter uma semana ruim e dizer que os “clientes foram realmente insubordinados”. Quero dizer que o trabalho de um líder político é em parte entender o povo. Se nós não podemos oferecer um futuro melhor que seja possível para mais pessoas, nos não vamos vencer.(FIM DO VIDEOCLIPE)

O’REILLY: Mas o que significa isto, Senhor Presidente da Câmara ? O partido republicano vai extinguir os benefícios dados pelos democratas? O que isto significa? O fracasso de Mitt Romney está muito claro. Ele não pôde convencer a maioria dos eleitores de que ele olharia por eles e ponto final. Ele não mostrou indignação suficiente pelo débito de 16 trilhões de dólares, não explicou que ele pode levar a um colapso econômico total. Romney foi tímido. Ele não era Paul Revere1 divulgando sobre perigo.

 

Pergunte a você mesmo, em quem você acha que aqueles que ganham menos de 30.000 dólares por ano votaram? Em que eles estavam votando? Você acha que eles estavam votando nesse enorme débito? Ou estavam votando pela continuidade do caos no Oriente Médio? Eles estavam votando por mais regulamentações do governo que inibem os  negócios de dar emprego as pessoas? Eles estavam votando pelos oito por cento de desemprego que mantêm os salários lá em baixo porque há mais trabalhadores do que empregos?

 

Será que eles estavam votando por alguma dessas razões?   Não. Milhões de americanos com baixos rendimentos votaram pelo candidato que eles acharam que diretamente ia ajudá-los financeiramente.  Nem todo eleitor de Obama fez isto, mas muitos definitivamente fizeram.

Agora, daqui pra frente, o partido republicano tem realmente que mudar. Não devemos menosprezar os menos favorecidos. Temos que engajá-los. Deve-se demonstrar que uma economia sadia baseada em disciplina e em um capitalismo robusto vai tirar muito mais pessoas da zona de pobreza do que auxílios do governo. Vocês têm que vender essa idéia. Romney não o fez. Talvez Marco Rubio2 ou Bobby Jindal3 ou Nikki Haley4, talvez eles possam.

 

E por último, o governador Romney também não confrontou os fanáticos da extrema esquerda que o demonizaram. E deixe-me dar-lhes um exemplo perfeito: o editorial do ”The Washington Post” da semana passada reporta que eu, seu humilde correspondente, apresentou um comentário intolerante sobre a noite da eleição: “Algumas horas antes do presidente ser declarado vencedor, Bill O’Reilly ofereceu a sua explicação para a provável derrota de Mitt Romney. Porque o país esta mudando, não é mais uma America tradicional. Em caso de alguém se sentir confuso sobre o significado do termo tradicional, ele elaborou que o establishment branco é agora minoria. Em outras palavras, o problema foram os muitos eleitores de cor.”

 

Que atitude mais baixa, vil.

 

Em outras palavras, vocês suas cabeças de alfinete, vocês não têm o direito de mentir sobre mim, colocar palavras em minha boca. Não foi aquilo que eu disse. Vocês envergonham a indústria do jornalismo. Vocês procuram demonizar qualquer um que discorda de suas visões de extrema esquerda. Estou sendo suficientemente claro?

 

O establishment branco não mais domina o campo político na America. Isto está bem claro. Eu não lamento por isso. Eu não estou ansiando por uma volta de Calvin Coolidge, eu só relatei isto. Mas para loucos ideólogos isto é irrelevante. O “The Washington Post” resumiu seu comentário desonesto dizendo: “É encorajador o fato de que muitos republicanos estão repudiando a desrespeitosa e desprezível visão do mundo de O’Reilly e Romney”.

 

Bem, eis o que é realmente desprezível. Vocês caras, interpretando (inventando) um olhar honesto no voto como uma crítica amarga contra as pessoas pobres e as minorias. Isto é que é desprezível. O pessoal do editorial do ”The Washington Post” não podia se importar menos com a verdade. Esta sociedade americana é dependente de uma gigantesca babá federal que possivelmente não pode arcar com todas essas coisas que ela esta distribuindo. Esta é a verdade. Nós estamos nos tornando um Leste Europeu. E isto é exatamente o que o “The Washington Post” quer. Sua visão de mundo é destrutiva para a America. E será confrontada aqui.       2- Marco Rubio: Senador pela Florida, membro do Partido Republicano. 3- Bobby Jindal: Governador de Louisiana pela segunda vez; membro do Partido Republicano. 4- Nikki Haley: Governadora da Carolina do Sul;  membro do Partido Republicano.

 


DOCUMENTO E FOTOS CIRCULANDO ENTRE INTELECTUAIS BRASILEIROS

Nota do blog: Após a publicação do texto e fotos recebi o seguinte comentário de um coronel do Exército: Claudio! Não sei exatamente com que intenção puseram para circular na rede o texto e as fotos da solenidade de 2011. Ocorreu a de 2012, mas o Cmt do EB não compareceu. Abraços

 

A INTENTONA COMUNISTA  – FOTOS DA SOLENIDADE DA PRAIA VERMELHA ( 25 NOV )

 

O fato de o comandante do Exército ter presidido esta solenidade, proscrita do calendário das efemérides militares pelos cleptocratas, foi um ato mais do que simbólico no sentido de demonstrar que as FF AA estão coesas em torno de seus chefes e que não aceitam a implantação do comunismo em nosso país, seja ele travestido de socialismo ou outras formas de totalitarismo de esquerda.  A imprensa nada publicou, mas, com toda certeza, no gabinete da presidente da República, ministros de Estado, governadores, senadores, deputados, políticos etc este foi, com certeza, o assunto preocupante do dia. A ministra Maria do Rosário deve ter posto as barbas de molho ( literalmente … ).

nota do blogGuardadas as reservas, após eu haver recebido o comentário do coronel do Exército desmentindo o acontecido, mantenho minha análise ( em letras azuis),  porque aplica-se a vários acontecimentos atuais, inclusive ao episódio  da Brigada no estado do Pará, publicado dias atrás:

É incrivel que o PT até agora não tenha se aproveitado da inércia das Forças Armadas, do derrotismo que tomou conta delas por se julgarem impopulares ( o que as pesquisas desmentem), para não transforma-las no braço armado do Partido.  Tantos anos no poder e continuam preparando o terreno, sem colocar logo em prática o tripé : aumento do soldo,  reequipa-las, e mudar curriculo e professores nas Escolas Militares. Teóricamente já tomaram as três medidas, mas ainda não as colocaram em prática. Isto se chama “dar chance ao azar”. O comparecimento do  comandante do Exército à esta solenidade é altamente significativo.  É um passo histórico, não tenham dúvida. Se o PT tiver peito que o demita. A hipótese mais provavel é  que por puro medo não façam nada, mas o alerta foi dado.  Se tiverem juízo devem apressar a toque de caixa as medidas que colocam os nossos oficiais do lado deles, isto é, coloquem o Bananão no rumo do bolivarianismo. Nesse caso, estaremos perdidos.

 

 

Vocês até agora não perceberam que a tal da Rosemary, lá de S.Paulo, era ( é ?) amante do Lula ? Na hora das viagens era aquela dúvida: Vai a Dona Marisa, ou vai a Rose ? Providências completamente diferentes tinham que ser tomadas.

 

 

 

Intentona Comunista (1935). Clarim, toque Vitória!

 

Escrito por Texto: Com Social do CML – Fotos e comentários: Ten Mergulhão

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/01.jpg

Uma linda manhã de sol nesta sexta-feira, as Forças Armadas capitaneadas pelo Exército tendo seu Comandante, General Enzo, presidido a cerimônia, foram prestadas homenagens às vítimas da Intentona Comunista.

 

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/02.jpg

 

Os antigos Chefes, agora na Reserva, estavam todos lá. Alguns, pela adiantada idade e o sol forte, precisaram de atendimento médico. Familiares de alguns mortos também lá estavam e foram – durante a cerimônia, cumprimentados por todas as autoridades.

 

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/03.jpg

 

Um desses familiares, nosso velho conhecido, é o General de Exército Ivan de Mendonça Bastos, antigo Chefe do DEP.

 

 

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/04.jpg

 

Após alguns dias feios e chuvosos, Ele mandou um radiante dia de sol para abrilhantar ainda mais essa reverência aos que tombaram naquele ato covarde dos comunistas da Aliança Nacional Libertadora (ANL).

 

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/05.jpg

 

Este redator chegou cedo e aproveitou para cumprimentar muitos dos antigos Chefes como os Generais Curado, Lessa, Carvalho, Cesário e Castro.

 

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/06.jpg

 

Mas a quantidade de amigos era grande para nominá-los todos e, ao cumprimentar o General Montezano que conversava com o General Raton, o primeiro, substituirá o General Rui no DECEX no próximo dia 20 de dezembro e o segundo, Comanda o Instituo Militar de Engenharia, deixamos aqui registrados todos os demais não esquecendo dos Coronéis Haroldo (Diretor Hospital Geral da Vila Militar) e Helder Braga (Comandante de um Batalhão de Infantaria Paraquedista) e demais amigos.

 

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/07.jpg

 

Do Conselho Nacional de Oficiais R/2 do Brasil estavam o Ten Monteiro (presidente) e dois diretores, eu e o Ten Paulo. Eles ficaram em forma com as demais autoridades e convidados e este escriba ficou tirando fotos.  O texto com o roteiro, agradeço à Ten Sheila Morello da Com Social do CML.

 

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/08.jpg

 

Chegada a hora, o pessoal da Comunicação Social do CML anunciou que se aproximavam do local da cerimônia o General de Exército Enzo Martins Peri acompanhado dos Generais Rui (Chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército) e Adriano (Comandante Militar do leste) e após os toques regulamentares foram prestadas as honras militares ao Comandante do Exército com exórdio executado pela magnífica Banda Militar do I Batalhão de Guardas, o Batalhão do Imperador.

 

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/09.jpg

 

A Tenente Sheila dizia ao microfone: – Prestigiam esta cerimônia antigos e atuais membros do Almirantado, dos Alto-Comando do Exército e da Aeronáutica, Oficiais-Generais das Forças Armadas da Ativa e da Reserva, autoridades eclesiásticas, autoridades federais, estaduais e municipais, senhoras e senhores convidados.

 

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/10.jpg

 

O Cel Robson a seu lado, completava:– A presente cerimônia tem por finalidade reverenciar a memória dos militares mortos na intentona comunista em 27 de novembro de 1935.

 

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/11.jpg

 

E após cantarmos junto com a tropa o Hino Nacional Brasileiro, prosseguiu o narrador em sua explicação, coisa que hoje, nossos jovens pouco sabem…

 

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/12.jpg

 

A intentona comunista foi uma rebelião contra o Governo da República, liderada pela Aliança Nacional Libertadora (ANL) e tinha por objetivos derrubar o governo e tomar o poder.

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/13.jpg

O movimento ganhou adeptos dentro de Unidades do Exército, onde militares cooptados e influenciados por ideias revolucionárias, iniciaram uma rebelião no interior de algumas organizações militares do Exército.

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/14.jpg

Deflagrado na noite de 23 de novembro de 1935, em Natal, no Rio Grande do Norte, aonde, os amotinados chegaram a tomar o poder estadual durante três dias, estendeu-se para o Recife em 25 de novembro e, por último, para o Rio de Janeiro, então sede do Governo Federal, no dia 27. Em todos esses locais as lideranças do movimento esperavam obter o apoio popular que não se concretizou.

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/15.jpg

No Rio de Janeiro, as proporções do movimento foram mais amplas e cruéis, tendo sido deflagrados motins, simultâneos, no 3º Regimento de Infantaria, na Praia Vermelha; no 2º Regimento de Infantaria e no Batalhão de Comunicações, na Vila Militar; e na Escola de Aviação, no Campo dos Afonsos. Nos Quartéis em prontidão, os amotinados, na madrugada do dia 27, feriram e mataram seus companheiros de véspera enquanto dormiam.

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/16.jpg

 

Assim como no Recife, a mobilização no Rio de Janeiro foi rapidamente sufocada, o que não evitou que ocorressem mortes nos confrontos entre amotinados e forças legalistas. No ataque ao 3º Regimento de Infantaria, cujo aquartelamento, à época, emoldurava a Praia Vermelha, localizando-se entre as atuais instalações do Circulo Militar e da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME), morreram 28 militares.

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/17.jpg

Os restos mortais desses mártires repousam no mausoléu construído à nossa frente, nesta histórica Praça General Tibúrcio, e um encontra-se na cidade de Belo Horizonte.

 

Assim, hoje, formamos perfilados para solenemente, reverenciar a memória desses heróis que, 76 anos atrás, tombaram no triste e sangrento episódio da intentona comunista. Militares que levaram ao extremo o juramento firmado ao ingressarem nas fileiras do Exército, de defender a Pátria, mesmo com o sacrifício da própria vida.

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/18.jpg

Este ato, repetido anualmente, mantém viva em nossa memória a lembrança dos horrores da traição praticada nos quartéis em 35, alertando aos militares de hoje e de amanhã, sobre os perigos que podem advir da presença de ideologias políticas no interior das Unidades e renovando o permanente compromisso das Forças Armadas com a defesa da Pátria e dos ideais democráticos da Nação Brasileira.

 

Após esta alocução o Comandante do Exército, General Enzo, acompanhado por familiares dos mortos, o General de Exército Ivan de Mendonça Bastose a Senhora Irma Paladini da Silveira, fizeram aposição de uma coroa de flores junto ao Mausoléu guarnecido por militares trajando uniformes históricos do 1º Batalhão de Guardas, Batalhão do Imperador, onde estão guardados aqueles que deram suas vidas em prol dos ideais democráticos em 1935.

 

Na sequencia, foi executado o toque de silêncio em memória aos nossos companheiros e ao mesmo tempo uma Bateria do 31º GAC (escola) executou uma Salva de Gala (15 tiros).

 

http://www.sangueverdeoliva.com.br/novo/images/2011/35/19.jpg

 

Após, as mais altas autoridades foram cumprimentar os familiares dos heróis tombados em novembro de 1935 retornando a seus lugares…

 

E antão veio o ponto que mais me emocionou da cerimônia. Foi feita uma chamada nominal das vítimas a que todos os presentes respondiam PRESENTE!

 

E prosseguiu o narrador: – Em homenagem aos heróis que de maneira tão dignificante contribuíram para a manutenção dos elevados anseios de liberdade e de democracia do povo brasileiro, será procedida a chamada nominal dos que tembaram em 1935.
Ten Cel MISAEL DE MENDONÇA
Majores: ARMANDO DE SOUZA MELLO e
JOÃO RIBEIRO PINHEIRO
Capitães: GERALDO DE OLIVEIRA
DANILO PALADINI e
BENEDITO LOPES BRAGANÇA
1º Tenente JOSÉ SAMPAIO XAVIER
2º Tenente LAUDO LEÃO DE SANTA ROSA
Segundos Sargentos:JOSÉ BERNARDO ROSA e
JAIME PANTALEÃO DE MORAIS
Terceiros Sargentos: CORIOLANO FERREIRA SANTIAGO
ABDIEL RIBEIRO DOS SANTOS e
GREGÓRIO SOARES
Primeiros Cabos: LUIZ AUGUSTO PEREIRA e
ANTONIO CARLOS BOTELHO
Segundos Cabos:ALBERTO BERNARDINO DE ARAGÃO
PEDRO MARIA NETTO
FIDÉLIS BATISTA DE AGUIAR
JOSÉ HERMITO DE SÁ
CLODOALDO URSULANO
MANOEL BIRÊ DE AGRELLA e
FRANCISCO ALVES DA ROCHA
Soldados: LUIZ GONZAGA
LINO VITOR DOS SANTOS
JOÃO DE DEUS ARAÚJO
ÁLVARO DE SOUZA PEREIRA
GENARO PEDRO LIMA
WILSON FRANÇA
PÉRICLES LEAL BEZERRA
ORLANDO HENRIQUE e
JOSÉ MENEZES FILHO.

E o Cel Robson narra ao microfone: – A Banda de Clarins do 2º Regimento de Cavalaria de Guarda, Regimento Andrade Neves, executará o toque da Vitória, em memória dos militares imolados, setenta e seis anos atrás.

Clarim, toque VITÓRIA!

 

 

” A farda não abafa o cidadão no peito do soldado”

                                                     O legendário Osorio.

 

Prezados amigos e amigas. Boa noite.

 

Hoje, em tempos idos, relembrávamos em todo o Exército a Intentona Comunista de   1935. Por um lado, infelizmente, esse covarde assassinato praticado por militares comunistas em seus irmãos de Arma que estavam dormindo pouco é lembrado nos dias atuais. Entretanto, reconheço com certa alegria a presença do nosso comandante (pela 1ª vez) no ato realizado no último dia 25 em homenagem àqueles que foram mortos covardemente.

Esse comparecimento é merecedor dos nossos mais sinceros cumprimentos ao distinto Chefe do Exército, bem como a maior divulgação  possível, já que a mídia é omissa, parcial e interesseira.

  

                                                  Abraços, Medeiros.

 

 

 

 

 

 

 

SIMON’S  SITE :   Um grupo de lideranças de diversas áreas criou e assina a seguinte carta de apoio ao trabalho da Secretária Claudia Costin à frente da Secretaria Municipal de Educação na cidade do Rio de Janeiro:

Depois do convite do Ministro Mercadante para que a Secretária Claudia Costin assumisse a Secretaria de Educação Básica do MEC, alguns acadêmicos decidiram publicar um texto com críticas que revelam não só desconhecerem o trabalho que vem sendo feito na Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro nos últimos anos, mas também uma postura de oposição aos esforços do governo federal e da maioria dos estados brasileiros de romper a barreira do analfabetismo funcional, da desorganização e da desmoralização da escola pública, provocando danos irreparáveis às nossas crianças e jovens e ao desenvolvimento humano, social e econômico do país. A Secretária Claudia Costin e sua equipe têm tido o apoio irrestrito do Prefeito Eduardo Paes e têm feito um trabalho técnico, de qualidade e com resultados inquestionáveis.

Ao anunciar o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa, a Presidenta Dilma Rousseff fez questão de enfatizar a importância da avaliação do processo de aprendizagem, afirmando que “não há como aferir se as crianças estão seguindo um ciclo de alfabetização efetivo sem avaliar. E não há como fazer isso sem fazer testes objetivos. Principalmente, se quisermos evitar que as crianças cheguem à 5ª série sem conseguir dominar a leitura e as operações matemáticas simples”. E prossegue a Presidenta: “Por isso, se quisermos saber se as crianças estão aprendendo, se precisam de apoio em algum conteúdo específico, se o nosso material didático e os métodos são adequados, se o professor e a escola estão cumprindo suas tarefas, nós vamos precisar avaliar. Precisamos avaliar a partir de parâmetros nacionais e sistematicamente, e precisamos fazer isso logo agora, e faremos a partir de 2013. Vamos também premiar o mérito. Premiar o que está dando certo. Professores e escolas que se destacarem, que conseguirem alcançar os melhores resultados receberão prêmios”.

É esta linha, exatamente, que a Secretaria Municipal do Rio de Janeiro vem seguindo na gestão de Claudia Costin. A Secretária Claudia Costin liderou a discussão para a criação de orientações curriculares mínimas claras, com a participação dos professores da rede e comunidades escolares. Essas orientações curriculares são constantemente revisadas pelos professores em reuniões nas escolas. Há vários canais de diálogo, como visitas, reuniões com conselhos de diretores, professores, pais, alunos e virtualmente, por meio das redes sociais e mensagens eletrônicas. A partir dessas orientações curriculares, materiais impressos e digitais foram criados para apoiar o trabalho do professor, que pode decidir utilizá-los ou não em seus planejamentos, complementando a utilização de outros recursos como livros didáticos e vídeos. Avaliações verificam o processo de aprendizagem e que escolas precisam ser auxiliadas por outras escolas com contextos semelhantes e que conseguem atingir bons resultados.

Como acontece em muitas redes de educação pública municipais e estaduais, a Secretaria Municipal do Rio de Janeiro conta com parcerias para realfabetizar os alunos que não foram alfabetizados na idade correta, acelerar alunos em defasagem idade-série e reforçar a aprendizagem dos alunos que precisam de mais ajuda por uma série de fatores, como o contexto socioeconômico ou a baixa escolaridade dos pais. As metodologias adotadas são as aprovadas e recomendadas pelo Ministério da Educação, com base no seu cadastro de tecnologias educacionais certificadas. Hoje a sociedade brasileira se mobiliza cada vez mais para apoiar a educação, nenhuma secretaria pode dar conta sozinha da imensa tarefa que tem pela frente de melhorar as condições de estudo de seus alunos, e a política da Secretaria Municipal tem sido a de buscar sempre todos os apoios de qualidade que consegue identificar.

Um dos pontos fortes do trabalho da equipe da SME Rio tem sido a atenção especial que tem dado a crianças e jovens historicamente abandonados e que não exerciam o direito de educação pública de qualidade. O Programa Escolas do Amanhã é hoje reconhecido nacional e internacionalmente por diminuir as taxas de reprovação e abandono e melhorar a aprendizagem em escolas situadas em áreas conflagradas. Um exemplo é que o crescimento do Ideb nos Anos Finais nessas escolas foi de 33%. A criação de vagas em creches é o maior da história da cidade. Para essas vagas, os alunos de classes econômicas mais desfavorecidas são priorizados.

Liderando a educação carioca, a Secretária Claudia Costin ousou experimentar novas formas de aprender, utilizando ferramentas digitais e a personalização do ensino para estilos e necessidades diversas, com escolas experimentais (algumas vocacionadas), apostando no papel do professor como aquele que assegura a educação de qualidade para todos e não somente para alguns. Sempre com um foco claro na melhoria da aprendizagem, as escolas estimulam o protagonismo juvenil, a educação para valores, a construção de um projeto de vida e a formação de cidadãos autônomos, solidários e competentes, de acordo com os objetivos da educação pública preconizados em nossas leis.

Os resultados do trabalho realizado demonstram que os alunos cariocas estão aprendendo mais. As notas melhoram em todos os níveis, da alfabetização ao 9º ano. Enquanto em nível nacional o Ideb para os Anos Finais avançou pouco entre 2009 e 2011, por exemplo, as escolas cariocas avançaram 22%. Alunos e famílias estão mais satisfeitos com a educação pública. Crianças e jovens do Rio de Janeiro podem avançar no desenvolvimento de suas potencialidades e estarão muito mais bem preparados para batalharem por seus sonhos. O Brasil tem muito a ganhar se conseguir se beneficiar destas experiências que precisam se multiplicar. Ainda há bastante a ser feito, mas a educação carioca é um exemplo a ser seguido. Apoiamos o trabalho que a Secretária Claudia Costin e sua equipe vêm fazendo, com o apoio do Prefeito Eduardo Paes, e estamos felizes que ela tenha decidido permanecer à frente da Secretaria Municipal de Educação para dar continuidade às ações.

Alessandra Sayão
Alycia Gaspar
André Nakamura
Andreas Mirow
Armínio Fraga
Beatriz Novaes
Denis Mizne
Edmar Bacha
Fernando Augusto Adeodato Veloso
Fernando Barbosa
Françoise Trapenard
Gustavo Marini
Helena Bomeny
Iza Locatelli
Lilian Nasser
Luis Antonio de Almeida Braga
Luiz Chrysostomo
Magda Soares
Maíra Pimentel
Maria Helena Guimaraes de Castro
Maria Ines Fini
Maria Teresa Tedesco
Monica Baumgarten de Bolle
Naercio Aquino Menezes Filho
Olavo Monteiro de Carvalho
Paulo Ferraz
Pedro Malan
Pedro Vilares
Pilar Lacerda
Priscila Cruz
Rafael Parente
Ricardo Henriques
Samara Werner
Sergio Besserman
Sergio Guimarães Ferreira
Simon Schwartzman
Tomas Tomislav Antonin Zinner
Walter de Mattos Jr
Wanda Engel
Wilson Risolia

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-

João Batista Araujo e Oliveira, presidente do Instituto Alfa e Beto, assina hoje, 27/11/2012, o artigo abaixo na Folha de São Paulo:

Corporativismo, de novo, contra a educação

Cláudia Costin é secretária municipal de Educação do Rio de Janeiro e foi ministra da Administração no governo FHC. Como gestora experiente, ama falar em resultados.

Aloizio Mercadante, ministro da Educação e economista, sabe disso e ama Cláudia Costin. Ele a convidou para assumir a Secretaria de Educação Básica da sua pasta.

Mas, nessa história de amores, há quem não ame resultados nem, claro, Cláudia Costin.

Um grupo de professores universitários organizou um abaixo-assinado protestando contra o convite feito a ela feito por Mercadante. Foram seguidos por milhares de adeptos e por entidades como a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE).

O texto do abaixo-assinado traduz o atraso da educação no Brasil: repete surrados jargões anti-imperialistas, defende as fracassadas ideias dos seus autores, que tiram do baú a velha cantilena da esquerda ultrapassada.

Segundo os autores, Cláudia é o arauto das forças internacionais que conspiram contra os pobres brasileiros. Ela milita pela desqualificação da educação, pois implementa propostas que anulam o senso crítico do aluno, cria bônus para premiar desempenho de professores e aniquila “sujeitos históricos”, como os professores e os alunos.

O manifesto ainda diz que pessoas como Cláudia Costin devem ser evitadas na administração pública, para que não reduza os alunos a “indivíduos médios, reproduções de tipos ideais que incorporam todos os traços e qualidades de que se nutrem as comunidades ilusórias”.

Entendeu? Nem eu. Mas pessoas que escrevem assim são as que vêm ditando os rumos da educação.

Os autores concluem protestando contra o arbítrio economicista, degradante e mutilador que a presença de Cláudia no ninho petista traria à educação básica.

Após quatro ministros, o PT ainda não sabe se tem agenda para a educação. E agora Mercadante convida essa cruel megera para pousar num ninho onde tucano não deve pousar?

Os que querem manter o status quo não se conformam. A velocidade e intensidade da reação ilustram a virulência dos beneficiários do poder, que não abrem mão de suas ideologias, nem diante dos retumbantes fracassos de suas propostas.

Mercadante jogou a sua cartada. O recado foi dado. É preciso mudar.

É preciso libertar o MEC da prisão corporativista em que se meteu. Passou da hora de romper com o dogmatismo ideológico das universidades e núcleos que propagam ideias equivocadas e ineficientes há décadas.

É preciso avaliar o resultado das décadas de cursos inócuos para capacitar professores. É preciso saber onde foram os bilhões de reais destinados a cursos de alfabetização de adultos e à formação profissional improvisada e avaliar os resultados desses cursos. É preciso dar espaço a quem tem resultados para mostrar e estimular iniciativas que possuem evidência comprovada de sua eficácia.

Por fim, é preciso alfabetizar as crianças aos seis anos de idade, como se tenta fazer no Rio, e usando estratégias e métodos adequados, como se faz em Sobral há vários anos, e não até os oito, como propõem os sectários que se apropriaram dos canais de decisão do MEC.

O estrago foi feito. Mercadante sinaliza que quer romper com o imobilismo dos que vêm imobilizando o MEC, especialmente na área de educação básica.

Cláudia já comunicou ao ministro que não aceitará a oferta, mas o estrago dentro do PT está feito. Mercadante está na linha do pênalti. Se marcar o gol, será vaiado pela plateia cativa. Mas poderá ser aplaudido pelo Brasil.

1 dezembro, 2012 às 13:20

Tags:

Categoria: Artigos

Comentários (1)

 

  1. Marco Balbi disse:

    Claudio! Não sei exatamente com que intenção puseram para circular na rede o texto e as fotos da solenidade de 2011. Ocorreu a de 2012, mas o Cmt do EB não compareceu. Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *