Cartoons americanos traduzidos e comentados

Em primeiro lugar reparem  na qualidade excepcional dos desenhos.

O estado do Wisconsin está com o maior problema. O Estado não suporta mais sua despesa com os funcionários públicos. Resolveu acabar com o direito que tinham de negociação em bloco para aumentos salariais. Também deseja aumentar sua contribuição previdenciária.O governador disse que não tem dinheiro e que o Estado está quebrando. Bem, eles ganham bem mais do que os empregados nas empresas privadas. Aquela história que no Brasil nós conhecemos muito bem. Os funcionários estão irados e fazem protestos dia e noite. Querem continuar na mamata.Colocou-se o problema do welfare state, socialismo, e a luta Democratas – Liberais versus Republicanos. A charge mostra o sindicato dos funcionários públicos um sujeito enorme, que vai lutar contra o sindicato dos trabalhadores do setor privado, que por ganharem menos estão impopulares ( em virtude da comparação), e são vistos como demônios, gigantes do mal, e a cidadão americana, que paga os impostos, está preparando o filhinho (no caso o setor privado) para lutar contra o grandalhão.  Bom é só ver a charge e entender logo.

Al Gore fez aquele filme sobre ecologia com ênfase no aquecimento global. Bem, muitos cientistas estão discordando de que realmente exista o tal aquecimento ( eu acredito que sim), e a gozação está em que os invernos têm sido muito rigorosos nos Estados Unidos. Na charge Al Gore está enterrado até a cabeça no gêlo. O cão São Bernardo com o seu barrilzinho de conhaque é o clássico salvador.

O mesmo tema. Dessa vez um dos manifestantes contra o aquecimento global diz :  “PRECISAMOS ESCOLHER MELHOR O NOSSO MOMENTO PARA PROTESTAR”

O excelente ator Charlie Sheen ( Platoon, Whall Street) perdeu a cabeça de vez. Foi demitido da série “Two and Half Man” porque soltou os cachorros em cima do produtor. Ele tem dado entrevistas completamente loucas na televisão, onde mostra uma extraordinária auto-estima, se diz um iluminado, um sujeito acima do mundo, diz que não trabalha mais por 2 milhões de dólares por episódio, exige 3 milhões, diz que vai processar o cara que o demitiu, e segue em frente. Já chegou a admitir, com a maior cara de pau, que estava drogado durante uma das entrevistas, e pode ser processado por isso. Tem um histórico de bebedeiras e violência contra as mulheres, suas amantes, esposas, putas, e o escambau. Vive entrando e saindo de sanatórios e delegacias de polícia. Está sendo um espetáculo vê-lo na TV. Na charge ele aparece com uma garota de programa e uma modelo, quando fez uma famosa viagem que ficou famosa nos EUA. Ele as chamou de “deusas”. É o que o cartoon mostra: O tresloucado ator com as “deusas”, e  Charlie Mason, o famoso psicodélico maluco que terminou assassinando um monte de gente, diz :  “ESSE CARA É UM PSICOPATA”

Charlie Sheen outra vez. Agora, o doidaço Gadafi diz : “OLHA, ATÉ EU ACHO QUE VOCÊ É LOUCO !”

A Múmia se levanta do sarcófago. O cartoon alerta para o perigo de que com a deposição de  Mubarak, os muçulmanos jihadistas, terroristas, assumam o poder no Egito, hipótese que tem sido colocada de lado pelos Liberais americanos.

O Diretor da Agência Central de Inteligência dos EUA fez  uma espantosa declaração, totalmente equivocada, onde disse que a Irmandade Muçulmana não era uma organização exclusivamente religiosa. O cabeça de bagre afirmou que havia várias correntes de pensamento dentro da Irmandade, inclusive a de que o Egito deveria ser um estado laico. A charge mostra o desinformado diretor ao lado da Irmandade, que está representada por aquele desenho que ficou famoso nos EUA por transmitir alegria e despreocupação .

O mesmo tema. O sujeito pensa que está controlando a ” cobra Mubarak”, enquanto atrás dele vem para ataca-lo uma outra cobra (naja), imensa, e que representa a Irmandade Muçulmana

Esta é uma ótima foto. A  bela garota segura um cartaz onde se diz: ” SE VOCÊ QUER PARAR O 1984 ( uma alusão ao estado autoritário, dominador, do livro de Orwell, que é para onde Obama gostaria de levar os USA ) PRECISA DE MAIS 1776″ ( a revolução americana, onde os valores de um estado pequeno e a ênfase na individualidade foram exaltados). Muito inteligente.

 

8 março, 2011 às 10:14

Tags:

Categoria: Artigos

Comentários (7)

 

  1. ivana disse:

    Quando eu fiz a leitura de 1984 era jovenzinha e achei o livro absolutamente fantástico. George O. foi um visionário de um sistema fiscalizador repugnante. E cá estamos… bem vigiados! Que m…
    Beijos.

  2. ivana disse:

    O melhor desenho é o do Charlie Sheen e Gadafi. A calça arriada me arrancou gargalhada. E a frase nem precisa comentários!

  3. Ari disse:

    Realmente, ótima foto!!!
    mas, complementando…
    ao colocar 1776, creio que a bela jovem está se referindo ao livro “A riqueza das Nações”, de Adam Smith, publicado em 1776. Assim como a Declaração de independência dos EUA, tal obra defende os valores de uma economia livre.

    • claudiomafra disse:

      Pode ser, Ari, mas acho que a referência ao ano de 1984 ajuda a minha versão. Tanto faz, o importante é que aquela beleza está protestando contra o estado grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *