Decência e indecência

Img_07022015_001

Um FAMOSO ladrão foi escolhido para novo presidente da Petrobrás. O protótipo do gatuno dos nossos tempos . Acusado de saquear  o Banco do Brasil em várias operações. Mesmo desmoralizado pelas roubalheiras que não cessam de serem escancaradas dia após dia, o governo tem a coragem de nos aplicar mais uma porrada, bem no nariz. Por que ? Ora, eles sabem que somos um bando de ordinários, incapazes de reagir. Toda a imprensa noticiou que o homem não presta, que é uma ratazana, mas, vai emplacar assim mesmo. Absolutamente normal.

A falência da Petrobrás, somada à prisão de dirigentes de algumas das maiores empresas do país, está causando problemas à macroeconomia brasileira. Quem poderia imaginar que chegaríamos a este ponto ? Ontem foi noticiado que vários componentes da nova Mesa da Câmara dos Deputados têm contas a acertar com a Justiça. Ora, o fato seria bombástico antes do PT tomar conta do país, mas, hoje, nem merece comentário dos articulistas. O presidente do Congresso Nacional também é um conhecido meliante, mas estamos vivendo numa zona de baixo meretrício, é natural. Vamos corrigir tudinho em 2018 ?  Através do famoso PODER DO VOTO ?  Não me façam rir. Este é o jogo democrático, e sendo assim temos que suportar a canalhada, que, se um dia for embora, vai nos deixar num país parecido com Angola.  O que nós fizemos de tão grave que não podemos colocar o PT para fora aos pescoções? Somos obrigados a vê-los nos roubando dia e noite,  nos humilhando, estragando o futuro de nossos filhos, em nome de uma teria que não resiste à nenhuma análise racional. Estamos parecendo com os judeus que foram para o extermínio sem esboçar reação. O doente está quase em fase terminal, precisa de uma cirurgia de emergência, mas sonhamos em trata-lo com homeopatia. Tá bom.  

Os que não roubaram até agora estão aflitos para que a oportunidade chegue.  Fazem planos de  serem mais cuidadosos do do que aqueles que foram apanhados: “não é nenhum bicho de sete cabeças, apenas preciso de um pouco mais de cautela, eles exageraram”. Acontece que quando a quadrilha tem como chefes os presidentes da república, as precauções são relaxadas.  Se os presidentes estão dando as ordens, o que há a temer?  Mas, se por acaso houver uma dança das cadeira e alguém ficar de pé, ora, nem tudo está perdido: a Polícia e o Judiciário são subornáveis, vamos em frente. Aconteceu alguma coisa com estes que estão presos: ou foi gente demais que ficou sabendo dos golpes, o que prejudicou o suborno, ou toparam com alguma dificuldade extra pelo caminho, ou alguém se apavorou, sei lá, mas podem ter certeza que ainda assim subornaram muita gente, ou ainda seria pior do que já está. 

É claro que em suas áreas específicas ( em qualquer empresa estatal)  os ladrões sabem muito, e o governo pouco. Portanto ,roubam 20x e dizem que roubaram 10x. Cuidam da papelada e da parte dos sócios que o governo desconhece. É o roubo DENTRO do roubo. O doleiro complementa o esquema extra-governantes. Dá prá imaginar a raiva do PT vendo os números revelados pela imprensa, muito maiores do que o combinado. E os petistas tem certeza ( e a Polícia também) que a maior parte do dinheiro continua escondida. Claro, se os próprios militantes roubaram 20 vezes mais do que destinaram ao Partido, porque seria diferente com aqueles tem o maior desprezo por essa corja, e apenas se aproveitaram da oportunidade que caiu do céu ?  Paulo Roberto e Youssef  devem ter nojo do PT.  Youssef negocia com bandidos desde bebê,   mas nunca deve ter visto nada igual aos petistas, tanta hipocrisia mal disfarçada, tanta gente viscosa, tanta arrogância, mesmo na hora de receber os certificados dos depósitos no exterior.  

E vai dar tudo certo para essa turma que se tornou íntima dos habitantes do rendez-vous que é o nosso país . Todos sabem quem é o Paulo Roberto, o tal do Duque, o Cerveró,  a Graça Foster. Eles vão até participar do nosso carnaval com as suas caras transformadas em máscaras de plástico.  Para eles, e suas famílias, a fortuna que acumularam no exterior compensa os poucos dias vendo o sol nascer quadrado. Aliás, nem sol quadrado está previsto. Vão amanhecer em suas casas, e fingir que passam o dia na prisão. Estou falando dos que deram o azar de serem descobertos. Todas as outras centenas de  ladrões do presidente – (estou me referindo somente aos que roubam bilhões)  –   continuam saqueando o País, sem dar bola para o monstruoso escândalo.  Segundo o juiz federal Sergio Moro nem mesmo a deflagração da Operação Lava Jato “dissuadiu a corrupção na petrolífera”. Isto sem falar, por exemplo, nos ladrões do BNDES, e seus “financiamentos secretos” para Eike Batista que, para começo de conversa, herdou as roubalheiras de seu pai.

Até quando os escravos brasileiros vão ficar lendo as manchetes surrealistas dos nossos jornais, assistindo ao Jornal Nacional,  reclamando nos bares, entre risos e piadas autodepreciativas, dizendo que “o Brasil não tem jeito” ? Até quando Reinaldo Azevedo e outras figuras conhecidas de oposição ao petismo vão chamar de canalhas os corajosos manifestantes que levantaram nas ruas a bandeira da intervenção militar?  Quase a totalidade da intelectualidade brasileira é contra o golpe.  Os que são a favor se escondem, apavorados com o patrulhamento. Sim, é perigoso, e quem se expõe corre o risco de se transformar num pária. Ditadura é uma coisa contagiosa:  um sujeito inteligentíssimo, decente, que tem como grande característica a cordialidade, avisa no seu facebook que não vai aceitar nenhum comentário a favor da intervenção, por mais bem elaborado que seja. Diz que vai apagá-lo, “como acabei de fazer agora”, avisa. Confesso que fiquei um pouquinho espantado. Amén

 

 

 

 

Vejam a cena abaixo:

 

 

 

O novo ministro da defesa, o ladrão jaques wagner ( VEJA, 20 de setembro de 2014),transfere o comando do exército de um alienígena para outro ( ambos estão disfarçados de generais). Imaginem o que wagner vai roubar com as compras de bilhões de dólares para reequipar as forças armadas. Só não pode comprar equipamentos nos Estados Unidos, já que os americanos são proibidos de pagar subornos.

 

 

 

 

 

 

 

 

por acaso o novo comandante está dizendo para o wagner:  ” Eu te amo” ? Será ? Prestem atenção

 

 

 

 

 

jaques wander e seu abraço afetuoso em  Raul Castro, ou, “La China”.  ( procurem saber a razão do apelido).  La China  é um ditador assassino, um dos “comandantes” que martirizam os cubanos há mais de 50 anos. O sonho de Dilmão e o PT seria transformar o  Bananão em outra Cuba.  Sonho número 2, é claro. O sonho número 1 já está sendo realizado: é roubar tudo que aparecer pela frente. Parece que o PMDB, por motivos próprios (sente-se lesado, seu quinhão nos saques é menor do que esperava) está com vontade de melar o governo petista e, sendo assim, de uma hora para a outra podem se transformar nos salvadores da pátria. Em tempo: Aqueles que deveriam zelar pela nossa liberdade continuam jogando vôlei dentro dos quarteis.

 

E pensar que os militares cassaram Juscelino por corrupção –  um homem honestíssimo.  E pensar que não queriam dar posse ao Jango porque ele havia cumprimentado Mao -Tsé-Tung.  Senhores generais:  O país é uma terra arrasada, nunca se viu nada igual, moralmente o povo brasileiro está com a cara no vaso sanitário. O povo que os senhores juraram defender. A Petrobrás, que os senhores sempre idolatraram, foi tão saqueada que faliu. O dinheiro roubado daria para reequipar o Exército. Nada a declarar ? Ah, não podem porque são impedidos pelo RDE. É mesmo? Que mal pergunte, como é que os senhores justificam a sua existência? Estão esperando uma invasão dos argentinos ? Não se sentem mal, culpados, recebendo salários que NÓS pagamos enquanto ficam brincando de guerrinha na selva, com uma oncinha de mascote?  A guerra está aqui, não adianta fingir que não entenderam. Que tal bater continência para o Raul Castro? Que tal a sequência de ladrões escrachados , neocomunistas, como comandantes-em chefe ? Sentem-se bem com esse ladrão que agora assumiu o ministério da Defesa e ao qual devem obediência  ? Nenhum problema, a julgar pelas fisionomias risonhas. E a melhor foto eu não consegui, aquela onde o novo comandante do Exército está radiante de felicidade olhando para o seu novo chefe. Os senhores têm medo mortal de enfrentar nas ruas a máquina petista, o MST, os sindicatos organizados, a militância? Ainda sustentam que este é um governo constitucionalmente eleito, um governo que NÃO está conduzindo, constitucionalmente, o país para uma espécie de neocomunismo? Somos aliados dos piores bandidos do mundo, os senhores sabiam ? Mas, pelo visto gostam de fingir que não tem nada a ver com isso, estão apegados aos seus deveres constitucionais, não é mesmo ? Engraçado, os senhores, no passado, sempre participaram da vida republicana. Achavam que estavam cumprindo com o seu dever de proteger a Constituição.  Muitas vezes agiram mal, e em outras ocasiões foram os salvadores da pátria. Por muito menos do que estamos vivendo os seus pais já teriam virado o país de cabeça para baixo. Provavelmente obrigariam o Congresso a votar o impeachment da dona que manda em nós. Mas, vamos ser mais modestos: os senhores não podem, pelo menos, fazer algumas ameaças, fazer alguns “pronunciamientos” , nem que fosse para manter a tradição latino-americana?  Não ? Fiquei curioso: Quem sabe se puserem os tanques na rua ( Deus me livre, não façam isso!) eles vão fundir o motor na próxima esquina ?  Ah, para isso precisam reequipar o Exército, agora entendi. Depois que chegarem as novas armas os senhores vão pensar na defesa do infeliz povo brasileiro. É isso ? 

8 fevereiro, 2015 às 02:10

Tags:

Categoria: Artigos

Comentários (4)

 

  1. Francisco Pompeu disse:

    Grande Mafra,
    Seria um milagre se os petistas deixassem o governo legando um Brasil como o Paraguai. Lá a carga tributária é metade da nossa, o Senado deles resistiu bravamente à entrada da Venezuela no Mercosul, restaurantes têm sido abandonados devido a presença de políticos corruptos, a polícia impede a invasão de terras, a economia cresce e eles podem importar sem as taxas extorsivas do Bananão.
    Abração!

    • claudiomafra disse:

      Olá, amigo. Sendo assim vou trocar imediatamente o nome do país. Que tal Burundi ? É pra já! Última forma: resolvi colocar Angola porque tem mais a ver com a gente, pois, pois. O caríssimo leu o que escrevi sobre os milicos? Entrou bem depois do post publicado. abraço

      • Francisco Pompeu disse:

        Há pouco a Dilma perdoou a dívida do Gabão e não é que o Gabão passou o Brasil em renda per capita!

  2. Francisco Pompeu disse:

    Meu amigo Mafra,
    Olhe a qualidade dos nossos generais:
    Quem é vivo.. aparece no Conselho da Petrobras: o general da carteirada COMENTE
    Leandro Mazzini 09/02/2015 12:00
    Compartilhe
    Foto: ABr
    Foto: ABr

    Quem é vivo…aparece no Conselho da Petrobras.

    O general Francisco Roberto de Albuquerque foi um dos conselheiros da estatal que votaram a favor de Aldemir Bendine para presidente da petroleira.

    Albuquerque andava sumido desde a mira da Comissão de Ética da Presidência por um incidente protagonizado por ele em 2006, quando comandante geral do Exército – uma ‘carteirada’, revelada pelo colunista Elio Gaspari.

    Em 2006 ele ordenou ‘ao meu pessoal’ (funcionários da Infraero) que atrasasse a decolagem de um voo da TAM Campinas-Brasília, no aeroporto de Viracopos, a tempo de ele embarcar com a esposa. Entrou no avião, após duas pessoas cederem as suas vagas.

    Em sua defesa, a assessoria do Exército divulgou à época que “O comandante do Exército, em nenhum momento, valeu-se de prerrogativas do cargo e desconhecia a situação da aeronave que, a essa altura, iniciara seu processo de afastamento do terminal. Ignorava, também, que a empresa tomaria a iniciativa de oferecer recompensa a dois passageiros para que abdicassem da viagem.”

    O general, apadrinhado pelo ex-presidente Lula, é conselheiro da Petrobras desde 2010.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *