Dois dos melhores articulistas anti-PT – Reinaldo Azevedo e Rodrigo Constantino, não entenderam as passeatas,ou, Se começarmos a pisar em ovos por medo do que a corja petista possa tramar já estaremos vivendo sua ditadura

CONSPI001

Em seu blog Reinaldo Azevedo apresenta de forma dramática um vídeo do blog de Rodrigo Constantino: Um liberal que não se deixou seduzir pelo “povo na rua”: Ou: “Acordem enquanto é tempo!”

Continua Reinaldo: “Rodrigo Constantino é economista. E é um liberal. É dos poucos que não cederam à tola tentação do “povo na rua”. Assistam ao vídeo

 

 

Começando o vídeo, onde Rodrigo Constantino critica  de maneira apocalíptica as passeatas, ele pergunta retóricamente  o que elas trouxeram de “resultados concretos” até agora . Sua resposta é confusa porque inverte a questão e diz no que elas ajudaram o PT   Não fêz a distinção indispensável entre o início do movimento que foi petista, estratégico, o Passe Livre, e o espontâneo, que surgiu logo após, o da juventude paulista. Então, as duas passeatas tiveram resultados danosos imediatos que foram  1 ) A reversão das tarifas de ônibus, como o Passe Livre desejava, e   2) Dilma propôs um plebiscito para uma nova constituinte. Rodrigo então discorre sobre o perigo da constituinte o que é óbvio, todo mundo é contra, ninguém é bobo. Sem dúvida é o caminho para o bolivarianismo, se os militares não reagirem.  Sobre as tarifas congeladas, foram os governos municipal e estadual de S.Paulo que executaram a medida, sendo que  Alkmin é da Oposição. Presumo que R. Constantino, um excelente economista, seja contra o congelamento porque além da medida ser populista-petista,  implica em grandes despesas para a  Prefeitura e o Estado.  Portanto, segundo seu modo de ver , por culpa das passeatas  tivemos uma medida já efetuada ( o congelamento das passagens – aumento de despesas ), e uma terrivel, perigosa, proposta do governo, a consulta popular para uma Constituinte. Pelos jornais é possivel sentir que não vai ser facil para o PT, mas o perigo existe. Por causa dessa manobra oportunista Rodrigo Constantino logo colocou um dos pilares do seu discurso no vídeo:  ingenuidade tem preço, ou, não é bom cotucar a onça com a vara curta sem ter competência para isso.

Em seguida entramos no cerne da advertência amistosa que ele nos faz. Vejam o vídeo:  As passeatas são um método da esquerda, com o qual os liberais não concordam. Rodrigo diz que o que temos entre os jovens é um “clima anárquico”, “o clima que sempre condenamos”, e que “os métodos não são defensáveis. Trata-se de uma “revolta difusa”, “tomar as ruas”, “práticas que sempre condenamos”, “impedem o direito de ir e vir”, e se aceitarmos todos erros de conduta agora, estaremos prejudicando a causa da democracia mais tarde. Aceitar as passeatas   “pode afetar para sempre” a luta liberal. “Não aceitamos que os fins nobres justifiquem os meios nefastos”.

Fico imaginando o que de tão horrível esses manifestantes estão fazendo.  Por tudo que Constantino está dizendo as passeatas são a mais puro exemplo da idiotice útil.  Ele chama de “revolta difusa” a pluralidade de temas. Imagino que o melhor seria que tudo fosse uniformizado, perfeito. Quais são “as práticas que sempre condenamos” ?  Se estiver se referindo à baderna, ao vandalismo, nada disso é culpa dos manifestantes. “O direito de ir e vir” a que se refere é de um exagêro inaceitavel. Em qualquer lugar do mundo as passeatas sempre atrapalham o trânsito, por mais civilizadas que sejam. O pedestre geralmente é obrigado a mudar seu itinerário. Um dos trechos mais fortes do vídeo, nessa espécie de apêlo emocional ao nosso bom senso, é que aceitar as manifestações agora pode “afetar para sempre” os melhores propósitos dos que são realmente democráticos.

Sem querer provocar, porque respeito Constantino, como respeito Reinaldo, é insensatez fazermos passeatas ? Qual deve ser nosso comportamento? Reuniões a porta fechadas para debatermos como derrotá-los e depois sim, de alguma forma nos dirigirmos ao povo ? E justamente os jovens não podem se manifestar livremente pelas ruas? É o momento político porque passamos ( o que também seria errado) ou é algo para sempre ser discutido, como nós (eu) fazíamos em nossas organizações secretas antes de 64 ? Será que não estão percebendo o totalitarismo do que estão pedindo? Levem em conta, TAMBÉM, que a juventude brasileira está tentando imitar a juventude americana, tanto em suas virtudes quanto em seus defeitos.  A liberdade como essência, mas também o direito de fazer coisas ridículas como colocar uma flor no cano de um fuzil, que se transformou num ícone da esquerda por décadas. Aceitemos os defeitos, porque está na cara que demos um salto de qualidade ao sairmos as ruas. Não estou vendo ( posso estar enganado) nenhum contato, nem do Reinaldo e nem do Rodrigo com os manifestantes. É mais do que necessário.

O clima é realmente anárquico, mas não no sentido pejorativo. Cada grupo de jovens tem sua própria reclamação a fazer. É anárquico porque não se reúnem para organizar plenamente suas manifestações, o que a esquerda sempre fez. Nesse ponto  Rodrigo tem razão quando cita a experiência esquerdista, mas é tentando que se aprende. O know how esquerdista não é razão para que a ingenuidade seja condenada. Estou entendendo mal, ou durante um governo de  bandidos petistas é vedado sair à ruas porque eles, inteligentíssimos, experimentadíssimos em taticas de rua, vão nos fazer de gato e sapato, vão nos usar para conseguir um estado de exceção? Exatamente. Devemos sair às ruas somente quando tivermos conseguido o poder. Nesse caso estaremos aperfeiçoando nossas instituições, sem nenhum risco para o estado democrático.

As passeatas estão causando estragos no PT ? Claro que estão. Reinaldo, Rodrigo, Olavo de Carvalho, com a melhor das intenções, procuram tapar o sol com a peneira. Basta ver a incrível capa da VEJA: “Edição Histórica: Os sete dias que mudaram o Brasil”. Um exagero e tanto, mas na maior revista do país. Isto quer dizer alguma coisa. No entanto , no vídeo de Constantino parece que todos somos ingênuos, massa de manobra dos petistas. Aliás, antes que eu me esqueça, não foi nada agradavel o Reinaldo dizer que o Rodrigo Constantino é dos poucos que não cederam à tola tentação do “povo na rua”.Sarcástica e muito ofensiva a maneira como rotulou tanta gente que amargura um governo do PT.

Ninguém pode garantir que a gigantesca movimentação popular não possa ser usada pelo PT para os seus piores propósitos, mas isto não legitima negar aos jovens o direito das passeatas. Se começarmos a pisar em ovos por medo do que a corja petista possa tramar já estaremos de certo modo na sua ditadura. Se os militares não estiverem atentos aos seus deveres constitucionais será a sua mais completa vergonha, e por outro lado estaremos ferrados. É isso.

Continua Rodrigo Constantino:  “Alguém acha que o governo vai desfazer os estádios, ou o governo vai sair demitindo funcionário público”?  Não, Rodrigo, duvido que um vigésimo dos manifestantes pense que isso seja possível. Não confunda ingenuidade e pouca consciência política com burrice.  O que está escrito nos cartazes é PROTESTO. Manifestantes em todo o mundo agem dessa maneira. E o pior é que depois dessa crítica inusitada ele conclui de maneira estapafúrdia: “ É óbvio que isso vai servir de justificativa para o governo ir avançando ainda mais no bolso do cidadão”.  O que uma coisa tem a ver com a outra ?

Depois é lido o famoso discurso de João Goulart pedindo reformas constitucionais.  É feito um paralelo entre o discurso e o que o PTpretende. Constantino tem medo do tipo de reação do governo petista; mostra-se “chocado com o clima eufórico”; diz que não se pode atuar “desrespeitando as regras do jogo”, e justamente por culpa das manifestações, os petistas, além do pedido da Constituinte, também estão preparando outras terríveis perfídias, como a importação de médicos cubanos.  Acho engraçado citar o Jango já que ele foi deposto pelos militares. Rodrigo Constantino não poderia ter escolhido um pior exemplo.  E que ele quis dizer com o estamos “desrespeitando as regras do jogo”. Como foi esse desrespeito?  Não me diga que está se referindo aos bandidos quebrando e saqueando.

Queremos “tirar o PT do poder”, mas parece que apenas de acordo com regras específicas, que o vídeo não diz quais são. Presumo que sejam eleições, porque quando houve a oportunidade do impeachment ninguém se mexeu, e, curiosamente, dizem que foi para não parecer golpe de estado. Estaria muitíssimo de acordo com o que Rodrigo pensa.

É muita teoria conspiratória, é muito medo da inteligência e  de uma estratégia que o PT não tem. Reinaldo, Rodrigo, e Olavo de Carvalho negam o desgaste visível, inquestionável, que o partido sofreu e continua sofrendo com as passeatas. Dilma estava um caco na reunião com os governadores. Se tudo estivesse correndo de acordo com os maquiavélicos planos petistas era  para a dona estar feliz e rejuvenescida.

Que mal pergunte:  Por que NUNCA os militares são mencionados em todo e qualquer artigo ?  Nem parece que por intervenção deles o Brasil foi palco de várias quebras do regime constitucional.

Vejam a foto abaixo:   Uma linda menina e um cartaz radical. Joaquim Barbosa tornou-se popular porque insistiu, e parece que continua insistindo, na condenação dos maiores bandidos que o País já conheceu: Aqueles que roubavam o dinheiro do Estado( o nosso dinheiro), para modificar as lei do próprio Estado. O resultado seria uma ditadura petista constitucional. Eternizar o partido no poder. Não são apenas os “condenados” do Mensalão os únicos culpados. O bom senso, o que se conhece a respeito dessa turma, mostra que toda a cúpula petista, Dilma, Lula, e muitos outros sabiam, participavam, da compra dos votos dos deputados. Deveriam estar numa penitenciária.

Não acho que Joaquim deva ir além do seu cargo, ou que esteja com essa bola toda. Também não sei quem eu colocaria em seu lugar no cartaz. Impressionante constatar que no Brasil não existe nenhum nome confiável, acima de toda suspeita e sabidamente competente. Para minha enorme surpresa vejo que a moça colocou o Exército na ordem do dia. Sempre existe uma primeira vez. Espero que ninguém sofra um ataque do coração por causa do cartaz .  

Exército mais barbosa bandidos presos

26 junho, 2013 às 20:32

Tags:

Categoria: Artigos

Comentários (5)

 

  1. Eduardo S. P. disse:

    Mafra,

    Muito bom! Sem reparos.
    Eu havia feito algumas considerações, mas a página (ou meu browser) atrapalharam a publicação do meu comentário.
    Enfim, fica para a próxima.

    Grato pelo espaço,
    Eduardo S. P.

    • claudiomafra disse:

      Caro Eduardo, acho que houve um problema no blog. Publiquei o artigo no dia 25, mas alguma coisa deu errado. abraço

  2. Felipp Frassetto disse:

    Claudio, já no fim do texto, quando você menciona “Presumo que sejam eleições…”, me recordei que no youtube há alguns vídeos falando sobre as urnas eletrônicas serem fraudadas e etc.
    Já ouviu falar alguma coisa disso?
    Independente disso, realmente é de se pensar e, creio, que seria até uma certa ingenuidade (nós brasileiros) acharmos que as urnas eletrônicas são “seguras”. Afinal, num país como o nosso, é de se perguntar porque o sistema eleitoral é tido como “ágil” e o resto das coisas não.
    Além do mais, vem aí o tal “registro biométrico”, sei lá qual é o nome exato.
    Isso com certeza servirá para “cadastrar” quem vota contra ou a favor do PT, assim penso.
    O que você acha?

    Abraço!

    • claudiomafra disse:

      Acho que você tem toda razão, e eu nunca havia pensado nisto. Por que a mega sena também seria honesta ? Parece que foi constatado que houve um tremendo roubo quando ela pagaria 200 milhões, no Natal. O ladrão-comandante seria o notório Moreira Franco. Por que os genéricos seriam confiáveis ? Eu não compro. Estar doente já é chato, agora imagine tratar-se com remédio falso. Os inspetores que controlariam a qualidade do medicamento seriam comprados, é a regra. Sobre o registro biométrico mal ouvi falar, mas se não entra dinheiro (de imediato), já diminui o risco de fraude. abraço

      • Felipp Frassetto disse:

        Então, sobre os outros, vez por outra se ouve falar e etc.
        Mas, sobre as urnas, eu pelo menos só me dei conta quando vi os tais vídeos. E, realmente: com certeza alguma porcentagem delas é batizada. Todas acho que não, pois seria mais fácil descobrir. Mas que alguma parte delas seja, eu acho bem razoável.
        E agora essa tal biometria, justamente para eleições, que já são “modernas e eficientes”, por assim dizer, realmente é muita atenção e tecnologia para uma coisa só.
        Creio que com certeza isso será para rastrear em quem a pessoa votou e poder usar isso contra ela, de maneira que ela não perceba, claro.

        Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *