Dois textos militares – Tópicos do blog

.

Recebi de um leitor militar :

Desde a organização do Ministério de Defesa (MD), eu estava no Estado-Maior em Brasília à época, quando FHC viu que não obteria consenso entre as Forças para a criação, decidiu como mandatário e pronto, criou.

Muitos dos estudos que ainda estavam em andamento foram atropelados, jogados no lixo, adaptados etc. Além de contar com uma maioria silenciosa que não aceitava a perda do poder político, afastando os então Ministros do centro decisório, o back-ground fabianista dele fez com que se tivesse sempre uma certa precaução em relação as suas reais intenções. E, escolheu a nefasta figura do Elcio Alvares que inaugurou uma série de nulidades que não se sabe onde vai parar.

Quase todas as crises relatadas por ele aconteceram, algumas delas eu soube, outras já estava muito afastado para delas tomar conhecimento.

Insistir em diplomatas me parece um erro crasso. Temos que encontrar um cidadão probo, está difícil não é, com algum conhecimento de estratégia e defesa, que tenha se graduado em algum dos cursos da ESG, onde conviveu num ambiente acadêmico de militares e civis que discutiram por um ano os problemas nacionais e internacionais e que tenha uma visão de Brasil e de mundo despida de maniqueismos.

Não vejo solução para esta crise criada pelo governo que não seja defenestrar o megalonanico e os Cmt das Forças. Estes, aliás, já deveriam ter pedido para sair, eles estão muito distantes dos demais integrantes dos respectivos membros do Alto Comando. Nós, no Exército, usamos a expressão “não cruzamos no Pátio Ten Moura” ou seja, não fomos contemporâneos na Escola de formação, a AMAN.

Quando o Gen Enzo foi declarado aspirante a oficial, o Gen Salvador que é hoje o mais antigo ainda não havia ingressado na escola. E, os membros do Alto Comando, na minha opinião, têm que ter até uma certa liberdade para dizer coisas que o Comandante não gostaria de ouvir ou não quer ouvir.

 

 

CLUBE MILITAR

PAINEL .1964 – A VERDADE.

Painelistas: Jornalista Aristóteles Drummond;

Gen Ex Augusto Heleno Ribeiro Pereira e Dr. Heitor de Paola .

Mediador: Jornalista Joelmir Beting .

Dia 29 de março de 2012 – 5ª feira – 5º andar às 15h

Traje: Esporte Fino – Salão Nobre da Sede Central.

Compareça! Divulgue!

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.

Texto do General Maynard Marques de Santa Rosa:

                  Malfeitos, Malfeitores e Malfazejos
A prática de relativizar conceitos não encontra limites na propaganda petista que nos governa. Agora mesmo, adota-se o eufemismo de malfeito, para qualificar delitos como corrupção ou roubo no governo, procurando abrandar o impacto na opinião do povo. Contudo, quem comete malfeito é malfeitor. E se este age como psicopata, comprazendo-se no mal e jactando-se, por exemplo, da prática hedionda do aborto, é malfazejo.
Outro problema é que a denotação é genérica e pode ser estendida a qualquer desmando, como o fato de aplicar, arbitrariamente, um bilhão em dinheiro público na recuperação de porto estrangeiro, a fim de salvar uma economia falida, sem submeter-se ao debate popular e autorização formal do Congresso. Enquanto isso, nossa diplomacia surfa na onda dos BRIC`s, com o Brasil desarmado e o setor de Defesa sucateado. Já a intolerância ao contraditório, explícita na censura aos oficiais da reserva, revela o despotismo encastelado no Planalto, caracterizando um malfeito, digamos, menos democrático, por ignorar o Art. 5º da CF (inciso IV): “É livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato”.
Na França jacobina, quando Hébert radicalizou à esquerda e Danton tornou-se moderado, contrariando o “incorruptível”, Robespierre engendrou motivos para guilhotiná-los. Felizmente, para nós, os tempos são outros. Aqui, o gramscismo subjacente nas decisões políticas mantém mobilizada a sociedade civil, por meio do “Terceiro Setor”, em favor dos candidatos ideológicos da base do governo, desde 2002. Em 2007, certas publicações estimavam em R$ 44 bilhões o total dos repasses federais às ONG`s, tudo à margem do SIAFI e sem controle do TCU. Portanto, é com dinheiro público que se financiam os malfeitos dos movimentos sociais, como invasões do MST e outras operações inconfessáveis, resguardados na “Cláusula de Parceria” da Lei das OSCIP`s. Antes de completados os tentáculos do Leviatã, velemos todos pela autonomia do Judiciário, último recurso da liberdade, pois que “O conformismo é carcereiro da liberdade e inimigo do crescimento” (John Kennedy).
                                      Tópicos do Blog

 

Brigas irritam a  presidente.

Foi noticiado que a presidente está cansada das brigas dentro do Banco do Brasil e seu fundo de pensão a Previ. Ora, tudo gira em torno da roubalheira. A Previ, junto com a Petrus são os dois melhores cargos do País para falcatruas biliardárias. É isso. Ninguém está brigando por políticas de administração, rumos diferentes na condução dos negócios  no BB e na Previ. Estão brigando porque um grupo, ou dois grupos, ou dez grupos, desejam se apoderar das minas de ouro. Apenas isso. Inocente daquele que pensar o contrário. E a Dilma sabe disso, claro.

 

“Terra é cercada de lixo espacial; saiba o que fazer se um objeto cair no seu quintal”

Maravilhosa manchete na Folha. Indispensavel saber como proceder nessas circunstâncias. Imprimi todas as recomendações e coloquei na parede para que eu não me esqueça de nada.

                                     

                                                 Mitt Rommey

                          

Se Mitt Rommey for o candidato republicano existe a possibilidade de que ele escolha Allen West, deputado pela Flórida, para ser o seu vice. West, 51 anos, é tenente-coronel, serviu durante vinte anos no Exército, lutou no Iraque, e foi assessor civil no Afeganistão. Além desta vasta experiência militar West é negro, o que seria muito bem recebido na disputa com Obama.

 

“Novo Código Florestal deve anistiar 75% das multas milionárias”

Quais as pessoas que foram subornadas pelas cias. madeireiras  ?

 

“China reduz previsão de crescimento e reorienta modelo”

Para tristeza da nossa esquerda daqui para a frente vocês só verão notícias de desapontamento com respeito à extraordinária nação chinesa que … quando mesmo que vai superar os Estados Unidos ? Eu me esqueci do dia marcado.

                                              Putin

Gostei muito de sua frase: Os que não têm saudades da URSS, não tem coração. Os que querem que ela volte, não tem juízo”

 

 

5 março, 2012 às 19:27

Tags:

Categoria: Artigos

Comentários (2)

 

  1. Armando disse:

    Os militares NUNCA ENGOLIRAM a submissão ao poder civil e ao ESTADO DE DIREITO.
    A cultura militar brasileira tem raízes profundamente fincadas em conceitos hierárquicos de extrema rigidez, com fim de controle máximo e liberdade mínima, onde o que interessa é garantir a obediência cega dos subordinados a qualquer custo e o meio utilizado para alcançar esse fim são regulamentos disciplinares extremamente severos editados a despeito de qualquer preocupação com conceitos de justiça.
    As leis brasileiras não são respeitadas pelos chefes militares. Nem mesmo a constituição federal é respeitada. A despeito de qualquer lei nacional, eles cumprem normas elaboradas por eles mesmos, que permitem a prática, dentro de um mundo fechado, de absurdos jurídicos inqualificáveis.
    Agem através da imposição do temor ou da dissimulação de ações, conforme os interesses a serem atingidos. Devido a extrema rigidez de opiniões não têm habilidade no trato de questões que exigem raciocínio jurídico e são um desastre em assuntos de desenvolvimento social.
    São um constante risco à consolidação da democracia brasileira porque sempre tendem a resolver pela força das armas as controvérsias que não conseguem solucionar com a força dos argumentos.
    E que ninguém se engane pensando que existe diferença nas opiniões entre os generais da ATIVA e da RESERVA. São todos farinha do mesmo saco.
    A única diferença é que os da ATIVA ainda tem interesse em continuar se beneficiando das mordomias que o cargo proporciona, por isso posam de disciplinados e não abrem a boca, enquanto os da reserva, que já foram obrigados a largar a teta, cumprem a missão de porta vozes da categoria confiantes na impunidade
    Essa comissão da verdade é tiro de festim. Está sendo montada só para enganar os organismos internacionais que tem pressionado o Brasil cobrando uma postura do governo que não toma nenhuma iniciativa realmente efetiva contra os ex-ditadores brasileiros.
    O governo ainda está comendo na mão dos militares.
    Isso não vai dar em nada. Sequer responsabilização criminal dos envolvidos será possível pleitear pela comissão fajuta que já surge repleta de limitações justamente para não poder fazer o que teria que ser feito de maneira satisfatória.
    Acorda povo brasileiro!!
    É uma grande farsa. Uma enganação planejada e ensaiada.
    Uma satisfação tem que ser dada à comunidade internacional que realmente leva esse assunto a sério.
    Só por essa razão esse assunto incômodo ainda consta das pautas de decisão do Governo. Não fosse por isso já teria sido enterrado em algum lugar que ninguém sabe.
    É preciso convencer os gringos de que houve empenho para ficar bem na foto.
    Aqui ninguém tem peito nem coragem d eenfrentar nos tribunais os militares que já estão há muito tempo empenhados em amaciar autoridades que ocupam funções chave no governo e nos poderes constituídos.
    A verdade é que a impunidade ainda impera nesse sistema institucionalizado de corruptos e corruptores que se beneficiam mutuamente de interpretações fantasiosas e convenientes que permitem manter as coisas em constante estado de insegurança jurídica, onde a lei tem papel meramente decorativo e só é efetivamente cumprida e respeitada se não contrariar os interesses dos grandes.
    Somente uma intervenção internacional, isenta dessa nociva contaminação histórica enraizada nas nossas instituições será capaz de obter algum resultado realmente significativo e confiável.
    Já negaram publicamente uma autoridade da república legitimamente instituída. Qual será o próximo passo?
    A quem interessa mostrar a VERDADE?
    A quem interessa manter a MENTIRA?
    Sabendo essa resposta você já sabe quem vai vencer essa disputa de forças desiguais.

  2. CABRAL FILHO disse:

    LEIA A ENTREVISTA DO GEN ROCHA PAIVA, E VC VAI ENTENDER O QUE PENSAM OS MILITARES….
    VC DEVE SER MAIS UM ALIENADO, QUE NAO CONHECE A HISTORIA DO BRASIL…OS MILITARES DEFENDEM A CONSTITUICAO, JURARAM DEFENDER A PATRIA, ISSO VCS NAO ACEITAM…QUE VENHA A COMISSAO DA VERDADE, SO QUE PARA OS DOIS LADOS…VAMOS VER QUEM TEM TELHADO DE VIDRO…DO LADO DE QUEM O POVO ESTAVA…VC SABE…SE NAO SABE VAI ESTUDAR…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *