Lula faz discurso e pisa nos militares

Essa foi ótima. Diante dos nossos militares Lula diz o que quer, abre o coração sem medo nenhum -ou quase. Conseguiu domar os milicos. A época em que eram inimigos já passou. Infelizmente, no Brasil parece que “o soldado é o requinte do cidadão” não vale mais. Agora Lula tem certeza que é possível incorporá-los ao esquema petista. Estamos perto do sonho impensavel há vinte anos. Só mesmo um gênio para conseguir tal façanha! Parece que os dias de angústia passaram. Quem diria: os generais batendo continência para o metalúrgico comuna que levava pescoção da polícia! E a grande descoberta: Eles são quase iguais ao resto dos brasileiros !! Ainda é necessário um pouquinho de cuidado, mas tudo estará completamente resolvido com a vitória do PT, que esmagou os idiotas da oposição e confirmou a sua volta triunfal em 2014! Mas que vitória ! Vai entregar o Exército, Marinha e Aeronáutica quase totalmente emasculados para essa mulher, que tem cara e linguagem corporal de guarda feminina de campo de extermínio. Sabe aquele negócio do domador do circo fazendo os leões pularem de um lado para o outro ? É mais ou menos assim, apenas não se pode exagerar, feito na apresentação do Programa de Direitos Humanos, quando os generais acharam que era muito desaforo a promessa quebrada e a anistia para um lado só. Mas, não vai acontecer de novo. O proximo governo é dele mesmo, não vai permitir que a Dilma faça nenhuma bobagem.                

Vejam a notícia no Estadão, hoje, dia 26: Depois de fazer vários discursos anunciando que já está com saudades do cargo que deixa em dezembro, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou ontem, em discurso diante de militares, não ter encaminhado ao Congresso emenda constitucional que o autorizaria a disputar o terceiro mandato.

Dirigindo-se ao ministro Nelson Jobim, em tom leve, o presidente disse: “Está certo que está no final do mandato. Você poderia, junto com essa emenda complementar, ter mandado uma emendinha para mais uns anos de mandato. Você não mandou, então fica”. Puxa vida ! Resolveu pisar mesmo! Na cara dos militares diz que poderia ter dado uma de Zelaya, embora a Constituição do Bananão permita emenda de reeleição. Não teve medo de tocar num ponto muitíssimo sensível. Fez de propósito, para mostrar quem é que manda. Afinal, de que vale o poder se não é exercido ? E Lula trabalhou muito para chegar até esse momento. Deve ser delicioso sapatear naqueles que lhe tiraram tantas horas de sono, ontem mesmo, tão perto no tempo que nem dá para acreditar. Antes, no início do discurso, o presidente já havia feito referência ao assunto. “Vocês perceberam que mudou tudo, agora é só de companheiro para companheiro. Mais um ano no poder, eu chamaria de “camaradas“, afirmou, a respeito de sua intimidade com os militares. Nossa, agora foi demais! Vocês”, ” De companheiro para companheiro”,  “CAMARADAS”. Se algum dia os militares voltarem a falar, esse momento vai ser lembrado, podem ter certeza. Os presidentes chamam os oficiais de SENHORES e, no caso dos generais, muitas vezes de EXCELÊNCIA, que é o protocolo adequado. Chegamos ao ponto de serem COMPANHEIROS, OU CAMARADAS !!!  Que cafonice. A declaração provocou constrangimento entre os que lotavam a nova sala de audiências no terceiro andar do Palácio do Planalto. É mesmo ? Eu adoraria saber os detalhes. De que forma o repórter percebeu o constrangimento? Será que os militares olharam para o chão, envergonhados com o insulto jogado na cara ? Ou será que olharam uns para os outros, trocando sinais de inteligência e se perguntando: o que foi que aconteceu conosco ? Puxa, eu gostaria de ter visto essa cena! Quem redigiu o discurso é muito burro. O “camaradas” associado com “companheiros”, vindo de quem veio, tem uma interpretação dúbia. Lula aproveitou a fala para defender os investimentos na área militar. Ah, claro, é um dos tripés para leva-los para o PT. Dar as armas, aumentar os salários e colocar professores nas escolas militares. Eu já disse isso umas 20 vezes e vou continuar repetindo.

Continua o jornal: O presidente Lula reforçou ontem, aos “companheiros e companheiras”, que ao deixar o cargo ficará vigilante: “Esteja onde estiver, estarei de olho em vocês, cobrando que vocês façam mais e melhor”. Lula exagerou. Agora está colocando o sapato no pescoço deles e apertando de um lado para o outro”
… o presidente assinou medida provisória criando duas novas secretarias na pasta. A primeira cria a Secretaria de Produtos de Defesa, que definirá a política de compras das Forças Armadas e a política relativa aos equipamentos das três Forças, dentro da Estratégia Nacional de Defesa. Foi criada ainda a secretaria de pessoal, ensino, saúde e desporto.

Mais cargos. Lula também encaminhou ao Congresso projeto que cria 647 NOVOS CARGOS NA DEFESA. Tudo para a corja do PT – Será que são os lugares para os professores nas escolas militares, ou eles já estão lá ? Em seu discurso, Lula elogiou os comandantes militares que souberam compreender a importância das MUDANÇAS. Será que abaixaram as cabeças nessa hora ? Ficaram humilhados, ou eu estou sonhando? Um amigo me disse que a resistência à anistia unilateral foi o seu canto de cisne.

“Quero agradecer ao Congresso pela rapidez com que foi feita a mudança; às Forças Armadas, pela compreensão de que ninguém queria diminuir o papel de nenhuma das Forças. Pelo contrário, o que nós queríamos era fazer uma inovação na forma de entender a questão da Defesa no Brasil”, comentou Lula, ao defender a importância do reequipamento das Forças Armadas. Claro, esse passo é importante para agradá-los. Mas, sendo justo, as Forças Armadas não poderiam de forma alguma ficar sem armamentos novos, mesmo em um governo decente. Por que Fernando Henrique não tomou essa medida?

Lula acrescentou: “Com a descoberta do pré-sal, sabemos  que precisamos reestruturar a Marinha, para que ela possa tomar conta de um patrimônio que a gente ainda não tem dimensão de quanto é. É incalculável, a gente não sabe se tem 8 ou 80 bilhões de barris..”  Não sabem até agora, depois de tanto tempo?! O que faz a maravilhosa Petrobrás, com sua “melhor tecnologia do mundo em exploração no fundo do mar” ? E essa referência é um insulto aos Estados Unidos, que Lula finge acreditar que vão roubar nosso petróleo. Ele disse a mesma coisa muito tempo atrás em referência direta à reativação da 4ª. Frota Americana, que se posiciona no Atlântico Sul. Aliás, o nosso Lider Supremo, o nosso aitolá, pediu explicações ao governo americano.

A meta de Lula é cooptar as Forças Armadas e  tornar o Brasil-Petista um país importantíssimo. Perto de nós o Chávez vai parecer um menininho fazendo molecagens para chamar a atenção dos outros.



26 agosto, 2010 às 20:26

Tags:

Categoria: Artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *