Nelson Jobim está deprimido

Nelson Jobim se encontra tristíssimo. Até agora não conseguiu comprar o ferro velho francês, o caça Rafale, aquele que nem a força aérea da França quer. Existem três motivos para a compra dessa porcaria: 1) o dinheiro fantástico que vai rolar por baixo , ou seja a propina, a grana, a corrupção, o super faturamento. 2) desprestigiar os Estados Unidos (afinal é um governo que tem por princípio o ódio àquele país), e 3) infelizmente as leis americanas não permitem o suborno, quem subornar vai para a cadeia, portanto é impossivel comprar o F-18. Na França pelo contrário, o ato é visto como gerador de empregos, mais arrecadação, riquezas, e a pessoa que subornou é condecorada com a medalha “Légion d’Honneur”. No entanto ninguém duvida de que o F-18 é dez vezes superior ao mico francês, além de ser muito mais barato. O único ponto que “pegava”, que era a transferência de tecnologia, foi resolvido ha tempos atrás, e os americanos concordaram em ajudar os brazucas nessa área. Resta a pergunta: Por que não foi comprado na época em que tudo estava arrumadinho para o golpe ? Não sei. Alguma coisa deu errado, e aquelas pessoas no governo Lula que já estavam gastando por conta não puderam meter a mão em dezenas de milhões de dólares. Agora a Dilma disse que não existe “clima” para a a compra já que o governo está cortando gastos. Ela disse ao Jobim ( que com toda a probabilidade continuou no ministério apenas porque Lula deseja efetuar essa trampa + a dos submarinos ) que tem “muitas dúvidas técnicas”sobre o projeto de compra dos caças. Claro, se antes Dilma estava fora, agora quer participar. Quanto ás “dúvidas técnicas” é uma senha para dizer: “Está pensando que eu sou burra ? Estou careca de saber que o F-18 americano é muito melhor, ele dá um banho nessa droga francesa. Agora, precisamos é combinar o que é que eu e minha turma vamos levar nessa “.

O F-18 Super Hornet, é fabricado pela firma americana Boeing, tem alcance de 2,3 mil km, e seu preço básico é de 55,2 milhões de dólares. O mico Rafale tem alcance de 1.8 mil km, é fabricado por uma firma francesa produtora de queijos, baguetes e vinhos, e seu preço básico é de 56 milhões de EUROS. 

Entenderam, ou eu não fui muito claro ?

nota do blog: A propósito desse tema ver meus dois artigos: “A Negociata“, e  “Quem quiser ser ministro da Defesa levante a mão” . Coloquei muitas ilustrações, e o assunto é mais bem apurado.

19 fevereiro, 2011 às 18:47

Tags:

Categoria: Artigos

Comentários (15)

 

  1. Jonas disse:

    Mafra, você que é fã incondicional dos americanos, explica para gente por que os yankees são sempre do contra? Por exemplo, esse veto deles a uma resolução da ONU contra os assentamentos israelenses nos territórios palestinos ocupados. Outra, todos adotam o sistema internacional de unidades e só os caipiras do norte que ficam medindo em milha, galão… No esporte, enquanto o mundo todo adora e joga soccer; lá é aquela coisa ridícula do football…
    Adoramos Coca-Cola, McDonalds e Walmart, por outro lado não dá para deixar de se impressionar com o provincianismo americano sobre questões básicas.

    • Claudio Mafra disse:

      Meu caro Jonas, você, que não gosta nada dos americanos, pode me explicar porque mesmo eles adotando essas medidas diferentes de distâncias, de peso, mesmo eles não gostando do nosso futebol, mesmo … mesmo… eles são o maior país do mundo, a maior democracia do mundo, possuem as vinte melhores universidades do mundo (nessas vinte só entram as duas inglesas Oxford e Cambridge), são, sem termos de comparação, a maior potência militar do mundo, e Jonas toda a roupa que você está usando nesse momento, o computador com o qual você me enviou a mensagem, toda a sua cultura é americana, e, Jonas, eu sou a sua única esperança de cair fora da lavagem cerebral, portanto, você deve todos os dias dar graças a Deus por haver descoberto o meu blog, e Jonas, não seja ateu, lembre-se que o Buzz Aldrin que pisou na Lua em segundo lugar, e que, além de astronauta, foi piloto de caça, é Doutor em Ciências pelo MIT ( para mim o título mais elegante possivel, e que significa Matemáticas, e não essa coisa fajuta de Ciências Humanas), fez secretamente uma cerimonia de comunhão em nosso belo satélite.Ufa!

      • Jonas disse:

        Caro Mafra, já disse que adoro Coca Cola e Walmart, nem sou indiferente a grandeza das conquistas americanas (embora tenham sido as custas de terceiros, mas isso é outro assunto). No entanto, essa grandeza não lhes dão o direito de fazer o que quiserem nas relações internacionais. Ou você acha que tem? Por exemplo, esse veto isolado contrário ao assentamentos israelences, a rebeldia em acatar a decisão da OMC em relação aos subsídios ao algodão, etc.

  2. Gabriel Nunes disse:

    Quem disse que os americanos não gostam de soccer, é o esporte que mais cresce na América. O football é bem mais legal de jogar e assistir do que parece, experimente assistir a uma partida de football de vez em quando.

    Outra, os EUA vetaram o cancelamento da construção de assentamentos Israelenses na pelestina porque era o que tinha que fazer. Olha o tamanho de Israel frente aos outros países árabes, o território Israelense era para abarcar um espaço bem maior se os árabes não os tivesse invadido, portanto Israel não pode deixar de se expandir até o que é seu de direito. Além disso, Israel é o país que mais produz daquela região desértica, quando os outros países precisam de Israel, Israel sempre ajuda-os, agora eles não gostam de fazer acordos com Israel porque são contra a existência daquele país ali, então quem sofre acaba sendo o seu povo que é governado por fanáticos islâmicos.

    • Jonas disse:

      Você está querendo dizer então que todos os membros do Conselho de Segurança da ONU estão errados? Só os EUA estão certos?… muito estranho isso.

  3. Gabriel Nunes disse:

    Jonas,

    A ONU é bem diferente do que as pessoas pensam e do que a mídia mostra, a ONU que, diga-se de passagem, não era assim quando foi criada, tornou-se uma organização criminosa, discreta e pior ainda, legal, com autoridade constituída.

    Por que a ONU só fica perseguindo Israel e não faz nada contra a ditadura cubana que já está lá há mais de 50 anos e ainda hoje possui presos políticos? Por que não fez nada na época que o Saddam Hussein estava matando gente a granel no Iraque? Por que não fala contra a expansão das ditaduras islâmicas pelo mundo árabe? Por que não condena a imigração ilegal de mulçumanos à Europa e de latinos para os EUA desfigurando assim a sua cultura e economia (nada contra a imigração, mas tudo contra a imigração ilegal)? Por que só consagra gente pró-terrorismo, pró-banditismo e pró-centralização mundial? Eu respondo: por que o grande objetivo da ONU é fazer uma governança global, e para isso é preciso destruir os EUA, Israel e todos os outros países que se opõem a uma governança global. Eu não quero ser governado pelo ONU, só por essa simpatia pró-ditaduras eu não quero.

    Outro dado importante (esse saiu até na Folha de São Paulo outro dia): a maior porcentagem de abusos sexuais é cometida pelos agentes da ONU. Você já viu um país se levantar após a administração da ONU? Só Israel mesmo, porque Israel foi criado na época que a ONU era pró-democracia e liberdade.

    • Jonas disse:

      a ideia de que o objetivo da ONU seja destruir os EUA soa paranóica, sem sentido…
      Provavelmente todos são contra os EUA, pois entendem que algumas das causas americanas sejam indefensáveis por serem injustas e imorais.

    • Jonas disse:

      a respeito da ditadura cubana, a ONU fez algo sim: havia aprovado, com 185 votos a favor, resolução condenando o embargo americano a pequena pobre ilha.

  4. Gabriel Nunes disse:

    O que é injusto e imoral para você? A defesa da democracia, liberdade, capitalismo? Eu jamais abriria mão desses valores.

    • Jonas disse:

      Se os EUA defendessem tanto assim “a democracia, a liberdade e o capitalismo” como você pensa, eles já teriam há muito tempo levantando o embargo a Cuba, ajudado a democratizar o Egito, acatado as decisões da OMC, ratificado o Protocolo de Kyoto, …
      A propósito, não se esqueça que houve no Brasil um golpe no qual passamos de uma democracia para a ditadura militar, com o apoio dos irmãos do norte… Pela sua posição incondicional aos EUA, parece que vc já teria aberto mão da liberdade faz tempo …

  5. Gabriel Nunes disse:

    1. Cuba é uma um país que não produz nem a quantidade de alimentos necessária para o consumo interno (visto que existe racionamento de comida, gás, eletricidade, etc. naquela ditadura), logo não vende nada e não comprar nada. Os EUA não mantém nenhum embargo naquele país.

    2. O Egito passará de um governo autoritário para um governo totalitário. Quando os EUA invadiram o Iraque, todo mundo reclamou, hoje o Iraque TEM DEMOCRACIA VOCÊ QUEIRA OU NÃO! Eleições, constituição democrática, divisão de poderes, etc., isso sem nenhuma companhia americana roubar o petróleo (me dê o nome de uma companhia americana que esteja solapando o petróleo iraquiano).

    3. OMC é um puteiro que quer mandar em todo o comércio do mundo, é braço forte e essencial de um governo mundial. Por que devemos nos submeter a isso? Esses órgãos supranacionais não têm autoridade legal e moral nenhuma, por que não combatem nem os seus próprios agentes que exploram crianças e moribundos pelo mundo?

    4. Refute os argumentos do prof. Molion que nós podemos conversas sobre aquecimento global.

    http://www.youtube.com/watch?v=JxC_JIwat9s
    http://www.youtube.com/watch?v=jDvtSrID1gg
    http://www.youtube.com/watch?v=EXOXc03n0Ik
    http://www.youtube.com/watch?v=AbXfJSPrCz8
    http://www.youtube.com/watch?v=qv5bm4GSSM4
    http://www.youtube.com/watch?v=Ja5xZq_skTY
    http://www.youtube.com/watch?v=mhhv6uVON_Q

    5. Na URSS e China houve um genocídio em torno de 100 milhões de pessoas (números reais de investigações sérias e abertas, consenso mundial), na ditadura militar brasileira morreram 400 pessoas entre terroristas e militares. Faça a conta do mal maior e mal menor. Além disso, era OBRIGAÇÃO dos militares tomar o poder em caso de ameaça às instituições democráticas, depois disso eles erraram e ao invés de fazerem eleições depois de 6 meses, como havia sido prometido, ficaram vinte anos no poder.

    Refute esses argumentos como eu refutei e desmoralizei os seus.

  6. Gabriel Nunes disse:

    Jonas disse

    “a ideia de que o objetivo da ONU seja destruir os EUA soa paranóica, sem sentido…”

    É aquela história: para o caipira tudo soa paranoico e estranho. Ele escuta que na cidade existe um objeto grande e oco que se move para cima e para baixo levando e trazendo as pessoas e ele acha paranoico; Ele ouve que existe um aparelho na cidade que dá para as pessoas se comunicarem como se estivessem uma na frente da outra e ele acha paranoico…

    • Jonas disse:

      pois é Gabriel, enquanto os EUA tiverem essa visão caipira, provinciana das coisas, parecerá aos seus olhos que o resto do mundo conspira contra eles…

  7. Gabriel Nunes disse:

    Perdeu! Não se tem argumento para ir contra a verdade.

    (A propósito, eu tinha feito um outro post ontem com uma série de informações pertinentes para o comentarista Jonas, por que sumiu, Mafra?)

  8. Gabriel Nunes disse:

    Ops, desconsidere a digressão entre parêntesis do último post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *