Nossos militares não cassam as condecorações dadas aos petistas condenados como ladrões ; A vergonha americana ; Tópicos; Um ex- militante de esquerda não consegue deixar de ser totalitário

 

 

 

 

A cobra vai fumar. Vamos nos libertar ou continuamos com a gorda ?

 

 

 

 RECEBI DE UM AMIGO:

 

  • Os comandantes do Exército e da Aeronáutica se fingem de mortos e 2 anos após a condenação por corrupção dos mensaleiros José Genoino e José Dirceu, até hoje não cumpriram a legislação que os obriga a cassar as condecorações concedidas à dupla de presidiários. Ambos têm medo de contrariar a cúpula do PT e sobretudo a presidenta Dilma. A condenação da dupla completou dois anos no dia 3 passado.

  • O Decreto 3446/2000, ignorado pelos comandantes, manda cassar medalhas de condenado por crime contra o erário, como é o caso.

  • José Genoino foi homenageado com a Medalha do Pacificador, uma das mais importantes do Exército. E a mantém até hoje.

  • José Dirceu ganhou a condecoração da Ordem do Mérito Aeronáutico, também entregue a Genoino quando ele era réu do mensalão, no STF.

  • O Ministério da Defesa e os comandantes militares se escondem para não dar explicações sobre o medo de cumprir a lei e cassar medalhas.

     

MEU COMENTÁRIO:

 

Este é o da FAB:

DA EXCLUSÃO DA ORDEM

 

Art. 29. Serão excluídos da Ordem:

I – os graduados nacionais que:

a) nos termos da Constituição, tiverem perdido a nacionalidade;

b) tiverem seus direitos políticos perdidos ou suspensos; ou

c) tiverem cometido atos contrários à dignidade e à honra militar, à moralidade da corporação ou da sociedade civil, desde que apurados e confirmados em investigação, sindicância ou inquérito;

II – os graduados nacionais ou estrangeiros que:

a) tenham sido condenados pela justiça brasileira em qualquer foro, por crime contra a integridade e a soberania nacionais, ou atentado contra o erário, instituições e a sociedade; ou

b) a critério do Conselho, tenham praticado atos que invalidem as razões pelas quais foram admitidos.

§ 1º As exclusões resultantes das alíneas “a” e “b” do inciso I do caput serão realizadas de ofício em função dos atos que as tenham provocado e, as demais, por meio de decreto ou de portaria, mediante proposta do Conselho da Ordem. (Parágrafo com redação dada pelo Decreto nº 7.822, de 5/10/2012)

O que os militares temem ? Por que se rebaixam tanto ? É um tema fascinante, mas ninguém escreve a este respeito. Suponho que seja ótimo para uma tese. 

.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–

-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-

Aécio poderia dizer que toda a cúpula do PT está presa na penitenciária da Papuda, em Brasília:  o presidente do PT, Zé Genóino, o tesoureiro do PT, Delúbio Soares, o Zé Dirceu, ( Chefe da Casas Civil ?) etc.etc.  Deste texto não existe escapatória, ele é mortal.  Em represália, acusar o Aécio de corrupto, aeroporto, etc.etc. é muito pouco. Todo mundo é acusado de corrupção, e isto não passa perto do impacto de dizer que ESTÃO PRESOS  na penitenciária da Papuda – só o nome Papuda, já dá um choque. Acredito que a Dilma não vai dizer que é mentira, ou que o fulano de tal está preso em casa.  Como é que ela poderia sair dessa ?  Toda a direção do PT está vendo o sol nascer quadrado. O povo já se acostumou com essa história ? Vamos desacostuma-lo, vamos mostrar que é algo extraordinário, mesmo para nossos padrões.  Dilma vai dizer que o fato mostra que seu governo coloca os ladrões na cadeia ? Muito difícil. Pega mal. Não tem saída.

 

Acabei de ver propaganda eleitoral da Dilma:   Ela disse que só se pode falar no escândalo da Petrobrás depois dos caras julgados e condenados. Mais uma razão para o Aécio se referir aos dirigentes do PT julgados, condenados, e presos na Papuda. 

 

 

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-

 

 

 

 

É inacreditável que os Estados Unidos não mandem tropas para dizimar os demônios do Califado Islâmico. Os seus soldados vão morrer ? É claro que sim, mas este é um dever americano. Só mesmo um pulha feito Obama pode se esquivar de fazer o que precisa ser feito. Os seus motivos:   1) vai de encontro à sua formação liberal;  2)  ele próprio é covarde por natureza ;  3)  o povo americano em sua maioria não quer se envolver em outra guerra.  

Então temos esse maldito recalcado, demagogo, insensível, observando “politicamente” o massacre de populações inteiras, observando a distribuição de meninas para serem concubinas dos chefes islâmicos, impassível diante das crucificações, dos fuzilamentos, do espetáculo de multidões correndo pelo deserto desesperadas, aterrorizadas. Um presidente não pode governar de olho nas pesquisas de opinião. Se fosse assim seria melhor Obama renunciar, já que sua popularidade está um lixo. Se ele fosse um homem, e não um verme, já teria seguido o conselho de seus generais e enviado as tropas.  E por falar nisso, ao contrário da lenda, os militares americanos não gostam de brigar. É compreensível, porque são cobrados pelo povo, pela mídia, ao menor sinal de que uma guerra não está caminhando como se desejava-. principalmente agora, quando vivemos o inferno do politicamente correto. Quando morrem alguns civis é um escândalo, e os militares têm que pagar pelo “erro”. Portanto, estamos caminhando para que a omissão americana nesse episódio dantesco seja, no futuro, comparada à vergonhosa  retirada do Vietnam.

 

 

 

 

 

 

                                          VOTEM NA MINHA AMIGA DO DIÁLOGO!!!

 

 

Nos USA as mulheres elegem o Obama e aqui, desconfio, elegem a Dilma. Vi no Google que 47% dos homens votam no Aécio e 43% na Dilma. O direito de voto para as mulheres no Brasil começou em 1933, e eu acho que é alguma coisa feito a ação afirmativa, vai levar uns 50 anos para que aprendam que o governo não pode fazer 500 mil hospitais, 200 mil escolas, 100 mil creches, na hora que desejar. Não sabem que o governo não cria recursos, mas aloca recursos.

 

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.

 

 

Deu no Globo:   “BOSTON – Pela primeira vez, e para o assombro de muitos colegas, pesquisadores do Hospital Geral de Massachusetts, em Boston, replicaram em uma Placa de Petri células cerebrais humanas com estruturas da doença de Alzheimer em desenvolvimento.— É um passo gigante neste campo e pode acelerar dramaticamente os testes de novos tipos de drogas para tratar a doença — disse o médico P. Murali Doraiswamy, pesquisador de Alzheimer na Universidade de Duke.”

Em primeiro lugar, esta é uma espetacular notícia para quem tem mais de 50 anos de idade. Alzheimer é a doença mais cruel que existe. Muito pior do que câncer. A maior preocupação dos médicos não é com o paciente, já que não há o que fazer, mas com os “cuidadores da Alzheimer”, isto é com os que tratam da pessoa afetada. O impacto do convívio com a demência é tão grande que a imunidade dos cuidadores sofre uma queda, eles ficam sujeitos a todos os tipos de doença, principalmente a depressão.

Em segundo lugar chamo a atenção para o fato de que as duas universidades envolvidas nesta descoberta são americanas, o que não é novidade. É preciso parar com essa verdadeira palhaçada de ficar apontando bruxarias em países atrasados como se fossem  passos para a descoberta da cura de qualquer doença universal.  A resposta para câncer e Alzheimer só virão de países altamente desenvolvidos, Estados Unidos, Alemanha, Suíça, e outros.  São lugares onde são gastos bilhões de dólares em pesquisas. 

Muitos devem se lembrar – foi assunto no blog-  o episódio do fechamento do pardieiro Instituto São Roque, onde se torturavam cachorrinhos Beagle com a desculpa de que se pesquisava a cura de câncer.  Naquela época o jornalista Reinaldo Azevedo ficou furioso quando pessoas corajosas salvaram os cachorrinhos, provocando um escândalo que terminou por mostrar que o lugar era mais uma picaretagem onde as pessoas roubavam o nosso dinheiro fingindo que trabalhavam em altas pesquisas.  Reinaldo saiu em defesa dos canalhas dizendo que ” a cura do câncer foi atrasada em 10 anos”. Além do absurdo de tal afirmação, defendendo um galinheiro como se fosse alguma coisa séria, Reinaldo partiu para cima dos que salvaram os Beagle, como se fossem ignorantaços impedindo o progresso da ciência. Perdeu a noção do ridículo. Leitores interessados podem ler os artigos: 

O caso de libertação dos cachorrinhos Beagles em S. Paulo e a abordagem truculenta e obtusa de alguns articulistas e intelectuais brasileiros”  publicado em 24/10/2013  e    “A roubalheira no “instituto” São Roque” e os nossos geniais jornalistas-blogueiros”  publicado em 07/11/2013

 

Jornalistas e blogueiros  serem violentamente anti-petistas, não dá a eles atestado de bondade, competência e honestidade. (Se quiserem me incluir no grupo fiquem a vontade). Na internet foi criada uma indústria do antipetismo que rende prestígio e dinheiro.

 

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–

 

Quem foi militante de esquerda não consegue se livrar do totalitarismo

 

Ah… que falta nos faz um Pinochet. Lembro-me da Tatcher indo na sua casa, em Londres, levando um presente, uma peça rara, uma antiguidade, uma xícara de chá . Ele estava em prisão domiciliar porque um tal de juiz Garzón (espanhol) mandou prendê-lo, aproveitando que o grande homem estava na Europa. Muito elegante toda a cena de Pinochet e esposa recebendo o presente. O tal juiz f.d.p. tempos depois foi suspenso por 11 anos de suas funções, o mesmo que expulsa-lo da magistratura.
 

Se eleito, Aécio deveria nomear para ministro da Defesa um reconhecido direitista, alguém detestavelmente intransigente, um inimigo mortal do PT . Depois, dobraria o salário dos militares. Depois extinguiria a Comissão da Verdade e passaria todos os seus membros por uma discreta auditoria da Receita Federal. Reequiparia as Forças Armadas com tudo que elas precisam para enfrentar a Venezuela ( no momento o placar está Venezuela 7x Brasil 1), só compraria armas americanas, denunciando os outros contratos – Suécia, por exemplo – em virtude de tudo ter sido feito na base do suborno. Revogaria todos os decretos petistas que ofendem os militares. Daria um monte de dinheiro para os Colégios Militares… e assim por diante. Em suma, construiria uma sólida aliança com nossos irmãos milicos, já que ninguém pode prever o futuro: uma eventual vitória do PT em 2018. Ia me esquecendo da Portaria 1.874-A, que iria imediatamente para a lata de lixo.
 -.-.-.-.–.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.–.-.-.-.-.-.-.-.-
Nós, os verdadeiros democratas, somos assim. Quem militou na esquerda nunca esquece das coisas.

-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.–.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.–.–.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-
Nestas minhas sugestões para um governo do Aécio esqueci de dizer que o Itamaraty precisa ser inteirinho desmontado. Já que não podem ser demitidos, os diplomatas petistas seriam congelados na carreira. O novo ministro não seria da casa  -o melhor seria nomear alguém assim do tipo calmíssimo, ponderado, fala mansa, feito o Olavo de Carvalho.  O ministro faria um pedido de desculpas à comunidade internacional pelos votos absurdos, enfatizando o último, que foi a respeito do diálogo com o Califado.

 

-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.—-.-.–.–.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.

-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-.—..–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-

 -.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-

 

Com tudo isto que está acontecendo, com as figuras políticas que somos obrigados a engolir, fico pensando no alívio que sentiu a classe média nos dias do golpe de 64. Eu não tinha ideia de que fosse assim. Naquela época éramos temidos, com toda a razão, mas jamais fomos acusados de sermos uns porcos nojentos roubando em nome de um suposto ideal. Corruptos não fugiram para o exterior quando os militares assumiram. Eram pouquíssimos, não havia escândalos. Imagino, se fosse hoje, a debandada para os lugares onde estão as contas milionárias em dólares. Os céus entupidos de jatinhos.
 

Sei que o país era muito mais pobre, os números brasileiros eram pequenininhos, mas mesmo assim existe uma grande diferença entre a subversão-corrupção daquela época e esta dos dias que vivemos. Que ironia: estávamos muito menos equipados para abocanhar o poder e levar o país para o socialismo do que o PT e sua gigantesca máquina. Qual foi a grande diferença que determinou a intervenção militar ? A insubordinação DENTRO das forças armadas, os sargentos se revoltando, marinheiros pulando e carregando almirantes nos ombros, generais esquerdistas. A nossa rebelião seria violenta, com a possibilidade de guerra civil – a do PT é a de ir comendo o mingau pelas beiradas. Pelas beiradas ? Nem tanto assim, já que financiamos Cuba, temos escravos cubanos dentro do país, apoiamos o narcotráfico, humilhamos os militares ( para que ? isto é burrice, neste ponto o PT erra), e assim vamos levando a nossa vidinha de Dilmas, Marinas, figuras que naquela época alcançariam no máximo o status de lavadeiras-engomadeiras e costureiras “invisíveis”. 

 

 -.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.–.-.-.-.-.-.-.-.-

 

Deu na Folha de SP:   “Patrimônio de ex-diretor da Petrobras, Renato Duque, cresceu 340%”
-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-
É de lascar. A imprensa é não aprende. Devem ter sido uns 34.000%! Diretor da Petrobrás  de 2003 até 2012!   Os 340% deveriam ser colocados em dúvida na matéria. E os milhões de dólares no exterior? Até agora a mídia não pegou, não conseguiu entender,  o quadro geral.
E não vão chegar na Petros, o fundo de pensão da Petrobrás, onde se rouba ainda mais.
Continuam acreditando que o Paulo Roberto Costa, o ladrão com delação premiada, só tem 23 milhões de dólares no exterior. Isto é só o que ele vai entregar. E o cara deve ter comprado um monte de gente para conseguir ir livrando a cara. Uma minúscula condenação e o resto da vida gozando a vida em Paris àààsss nossas custas. A ingenuidade do brasileiro não tem limites.
.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.—.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.—.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-…-.-.-.–.-.–.-..-.-.-.-.-.–.-
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.—-.-.-.-.-.-.-.-.-..—.-.-.-.-
RECEBI DE UM AMIGO:
-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.
“O Globo fez, no sábado, ótimo editorial, com opinião discordante da sua. Mesmo que pro- forma, foi feito algo importante, de “nova política”. O apoio se dá em termos de políticas a serem seguidas. Quer você queira, quer não, isso valoriza a negociação.”
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-

RESPONDO:

 

 

Não li o editorial. O que eu poderia entender por “nova política” não tem nada a ver com Marina, e sim com algo prático, palpável, o PT sendo expulso do governo. Existe no ar uma “mudança” (que seria a “nova política”) na expectativa do Aécio vencer, algo muito mais profundo do que a primeira eleição do FH. Não sei (não sou cientista político debruçado sobre a matéria ) qual segmentos da sociedade sentem essa “mudança”. São portadores desse sentimento a elite intelectual, a elite na mídia (editoriais), articulistas importantes , Dora, Merval, etc. 
 
O Brasil ainda não alcançou estágio de desenvolvimento político para: O apoio se dá em termos de políticas a serem seguidas.”  Já é difícil em países adiantados. Para nós trata-se de uma farsa. Aécio não vai dar muita bola para o que teria sido acordado, favorecido ainda pelo fato de que tudo foi difuso. Se for questionado em alguma coisa pelos militantes de Marina no Congresso, saberá o que fazer. Não prestei muita atenção mas havia um bocado de ” não permitir o desmatamento”, “ser bonzinho com os índios”, e outras bobagens onde assinar embaixo é fácil. Exceção gritante para a maioridade penal, que teve tal destaque, é tão conhecida, tão discutida pela população das grandes cidades que estará sob holofotes. E foi o ponto, pelo que sei, onde Aécio deixou claro que “divergia concordando”.
 
“… isso valoriza a negociação.”  Acredito que pela primeira vez ( posso estar errado), candidatos negociaram pontos de programa. Já aconteceu em história recente para a presidência da republica? Certamente não com tanta publicidade. Pode ser um avanço, mas apenas de maneira formal no processo político brasileiro – não acredito que tenha sido levado a sério por nenhum dos participantes. É para inglês ver, com a exceção da maioridade penal. 

 

 

 

 

 

   

13 outubro, 2014 às 12:52

Tags:

Categoria: Artigos

Comentários (2)

 

  1. Marco Balbi disse:

    Ótimo post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *