O comunista Aldo Rebelo demitiu um general de 4 estrelas ? Gabeira; Tópicos; Fernando Henrique não vai ser processado? ; A USP vai descobrir a cura do câncer! ;

 

 

 

 

 

Não é possível acreditar que tenhamos chegado a este ponto:  

 

 

Mesmo com um governo no auge da desmoralização, uma roubalheira que espantou o mundo, as instituições no chão, mesmo com a população abismada pela podridão, mesmo tendo tudo isto a seu favor, o Exército ainda ainda leva em consideração uma ordem de um ministro comunista , o notório Aldo Rebelo ??????????????? Vejam a notícia:O Ministério da Defesa exonerou do Comando Militar do Sul o general Antônio Mourão. O motivo: críticas que fez ao governo Dilma Rousseff e pelo fat…o de que uma homenagem póstuma a um chefe da repressão na ditadura ocorreu em um quartel sob sua jurisdição.

“Segundo a Folha apurou, o ministro Aldo Rebelo (Defesa) avisou previamente a presidente da medida. Para o ministro, Mourão perdeu a condição de comando com a sequência de fatos”. E AGORA O MAIS EXTRAORDINÁRIO: “A exoneração será um teste político para Aldo, que é do PC do B, partido que notabilizou-se durante a ditadura por promover uma guerrilha contra o governo militar”. TESTE POLÍTICO ? POR QUE O EXÉRCITO NÃO IGNORA A ORDEM, O GENERAL PERMANECE NO SEU COMANDO E ESTAMOS CONVERSADOS ? O QUE O GOVERNO FARIA ????????????? O QUE Dilma, Lula, Zé Dirceu e toda a corja petista teria condições de fazer ? ABSOLUTAMENTE NADA.   ALDO REBELO TERIA DOIS CAMINHOS: 1) PERMANCER NO MINISTÉRIO PORQUE COMUNISTAS NÃO SE INCOMODAM COM A DIGNIDADE QUANDO ESTÁ EM JOGO UM MOVIMENTO TÁTICO;   2)  PEDIR DEMISSÃO   Não consigo acreditar que chegamos a este ponto no Exército. Não consigo acreditar. O general foi punido, perdeu o seu comando.
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-

E depois ainda temos um artigo do Reinaldo Azevedo aplaudindo a punição. Reinaldo é um vaidoso patológico, um sujeito que se considera culto e inteligentíssimo. Trata-se de um ordinário, apenas isto. Ordinário. Seu artigo sobre Aldo Rebelo demitir o comandante no Sul é de uma pobreza de argumentação que chega a ser  ridícula. Coloca os que sabem o que foi a Guerra Fria espumando de raiva. Esse sujeitinho dá lições de “sofisticação” em seus artigos sem ter a mínima idéia de que diz bobagens com a audácia da ignorância. Como ele analisaria o golpe do general Lott em 1954, SE VIVESSE NAQUELA ÉPOCA ? Não entendo:  Os militares deveriam evitar qualquer contato com ele. Seus artigos deveriam estar no index militar, ou, deveria ser tratado como inimigo, jamais como um bom sujeito simplesmente por ser contra o PT. É o fim do mundo que seja prestigiado pelo Clube Militar, onde faz conferências.   -.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.—..-.-.-.-.-..-..-.-.-.–.-.-.—.-.-.-.–.-.-.–.-.-.–.-.-.—.-.–

Eduardo Cunha foi traído pelos banqueiros suiços.
Durante décadas os bancos suiços eram o lugar mais seguro do mundo para receber dinheiro de criminosos. Tornou-se uma famosa tradição do país, caminhando paralelamente à neutralidade, que era respeitada por toda a Europa, eternamente em guerra. Vejam que Hitler nem pensou em encostar na Suíça. No Brasil circulou um livro, “ A Suiça lava mais branco”, mostrando a imoralidade dos banqueiros que aceitavam o dinheiro vindo das drogas. Era um verdadeiro paraíso. Davam uma banana para governos de outros países que pediam ajuda na elucidação de vários tipos de crimes. Jamais revelavam as contas secretas. Era a alma do negócio.
Agora vemos que Eduardo Cunha está inteiramente ferrado. Enquanto a justiça brasileira afirmava que ele tinha depósitos naquele país, Eduardo negava com a maior tranquilidade. Era a palavra dele contra a dos delatores. É provavel que conseguisse levar o caso até que esfriasse. Talento é que não lhe falta. Mas, de uma hora para a outra, os suíços resolvem mostrar tudo, tudinho, a papelada toda, com riqueza de detalhes. Acabou-se. Como escapar dessa ? No escândalo da FIFA, cuja sede é na Suiça, os banqueiros ainda tentaram salvar os pilantras. Ficaram um tempão quietinhos, até o momento que os Estados Unidos entraram feito um trator ( lá não se brinca), e não teve mais jeito: muito contra a vontade os suiços resolveram “cooperar”. Uma espécie de delação. Ah, bons tempos aqueles das contas numeradas, ultra-secretas. Desta forma a Suiça só fica mesmo com a invenção do relógio-cuco, segundo Orson Welles a única contribuição daquele país para a humanidade.
Piadas de “loura burra” ainda são permitidas ?   Acho que sim, já que os brancos estão bastante desprestigiados atualmente.
Fernando Henrique continua errando tudo.
Ainda me impressiono com a completa falta de senso comum em Fernando Henrique. São estas as suas espantosas revelações : O GLOBO SÃO PAULO – O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso revela, em “Diários da Presidência – volume 1″, que foi alertado em 16 de outubro de 1996 de que um “escândalo” acontecia na Petrobras. O assunto foi tratado num almoço entre FH e o dono da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Benjamin Steinbruch. O executivo havia sido nomeado por Fernando Henrique para o conselho da estatal
.
Eu queria ouvi-lo sobre a Petrobras. Ele me disse que a Petrobras é um escândalo. Quem manobra tudo e manda mesmo é o Orlando Galvão Filho, embora Joel Rennó tenha autoridade sobre Orlando Galvão”, diz FH no livro, que será lançado no dia 29. Galvão Filho era presidente da BR Distribuidora e foi diretor financeiro da Petrobras. Rennó era o presidente da estatal. FH cita que o mais grave na estatal era “que todos os diretores da Petrobras são os mesmos do conselho de administração”, sugerindo um uma má prática de governança e um jogo de cartas marcadas nas decisões da empresa. “São sete diretores e sete membros do conselho. Uma coisa completamente descabida”, segue o relato do ex-presidente sobre a conversa com Steinbruch. FH relata que havia necessidade de “intervenção” na estatal, mas, apesar da gravidade do fatos, ele não a faria.
   

Fernando Henrique não vai ser chamado pela Justiça a se explicar ?
-.-.-.-.-.-.-.-.-.—.-.-.-.
Fernando Henrique não vai ser imediatamente processado por crime de responsabilidade, omissão, e sei lá quantas coisas mais ? Parece que não corre o menor risco de ser chamado a prestar contas, nem que seja em nosso imaginário ? Como é possível ele CONFESSAR que em 1996, na qualidade de presidente da república, ficou sabendo da roubalheira na Petrobrás; que era um “escândalo”; “que pensou em intervir na estatal”, mas resolveu “não fazê-lo”? Deixou o roubo rolar, e não vai ser processado? Embora sendo réu confesso, isto é, não existe necessidade de provas, ainda temos o episódio do jornalista Paulo Francis denunciando a roubalheira. Neste caso, sua situação ainda consegue ficar pior.
Para entender o que se passou é necessário resumir o caso Paulo Francis: No programa Mannhattan Connection, Francis disse que todos os diretores da Petrobrás roubavam. Joel Rennó, na época o presidente da Petro, processou o jornalista em 100 milhões de dólares. O ação judicial deveria vir dos ofendidos, pessoas físicas, dinheiro deles, mas Rennó, é claro, usou o nosso dinheiro, foi uma ação DA Petrobras. Paulo Francis foi ficando desesperado. Pediu ao Serra, que era ministro da Saúde, para que conversasse com FH. O objetivo era que este ligasse para Rennó mandando suspender o processo. Acontece que FH deixou correr solto. Paulo Francis, foi num crescendo de tensão ,sofreu um enfarto e morreu. Talvez pudesse ter sido salvo se não fosse o erro médico diagnosticando bursite. Era , de longe, o jornalista mais importante do Brasil. Existem muitos vídeos a esse respeito. Escolhi um que tem um titulo petista, mas acho que pode ser o melhor deles: FHC Paulo Francis Denuncia “Corrupção Esquema da Petrobras Era Processado…” (tirem as aspas)
Dá vontade de vomitar quando aparece FH se explicando. É uma cena perfeita: alguém atrás da câmera pergunta qual foi a reação de Rennó, a respeito do seu pedido para que suspendesse o processo. FH responde: “Acho que ele não retirou a ação, NÃO SEI”. Temos um momento de silêncio, muitos segundos, com a câmera focalizada na figura que vai ficando cada vez mais dramática e patética. Por fim, com todos nós hipnotizados esperando o que vai acontecer, e o diretor insistindo em não encerrar a entrevista, ele abre a boca e pergunta hesitante, medroso:” Ele retirou a ação” ?” Não há resposta e o vídeo encerra de maneira sensacional a participação da única pessoa no Brasil que não sabe que Rennó continuou com o processo!!! Mas que pusilânime, que mentiroso, e sobretudo, um homem que com toda a certeza achou bom ver Paulo Francis estrebuchando, já que este criticava seu governo. Comportou-se como um vingativo vereador de uma cidadezinha, jamais como presidente da república. E é este o cara que pede “grandeza” à Dilma.    Vale a pena assistir ao video, principalmente os minutos a partir de 4:51 com a participação do Serra e logo após FH.
Os militares e nossos articulistas.

 

Até pouco tempo parecia proibido falar nos militares. Nem para dizer que estavam “bonzinhos”, “se comportando direitinho”. Eles haviam sumido da vida republicana. Nossos articulistas, com destaque para Reinaldo Azevedo e Rodrigo Constantino, sempre foram ferozes em condenar os que dizem que para evitar uma nova Venezuela o PT deveria ser posto para fora de qualquer maneira, se necessário com a intervenção das Forças Armadas. Repito (pela décima vez) que Reinaldo teve a audác…ia da ignorância de chamar de “canalhas” os que nas passeatas pediram a intervenção. Precisava, sem a menor dúvida, levar “um bom e cantante bofetão”. Bem, de uma hora para a outra, Rodrigo Constantino, analisa um importantíssimo pronunciamento do comandante do Exército que, nada mais, nada menos, deixa claro a possibilidade de intervenção das Forças Armadas no processo político brasileiro. Disse o comandante que se a atual crise virar uma “crise social”, poderia “afetar a estabilidade do país, O QUE diria respeito às Forças Armadas” (comentei o discurso aqui, neste espaço, em 14/10)
E o Rodrigo Constantino ? Primeiro, usando um passaporte, disse ser um legalista (o que já nos dá náuseas pelo medo que sente de parecer um “golpista”) para em seguida afirmar que de qualquer forma “é bom saber que as Forças Armadas estão atentas” (ou qualquer coisa semelhante). Como é que é ????? “Estão atentas”? Quer dizer: dá um pontapé em tudo que disse todos estes anos, e afinal aceita a intervenção. Não pode haver nenhuma outra interpretação. Deveria se explicar, dizer o que aconteceu na sua moringa, mas de jeito nenhum. Trata seus leitores como uns retardados. Trago o assunto porque acho que os articulistas – que são os formadores de opinião por excelência – contribuem para a inércia da população. É um efeito cascata que chega até aos que não leem os jornais. Um desastre.
USP envia peo correio pílula contra câncer”
Podemos entender um pouquinho melhor a nossa situação de desamparo, de desmoralização crescente pela incapacidade de reagir, quando examinamos detalhes em nossa formação. Um pequeno exemplo, que parece não ter nada a ver, mas está no quadro, é quando a nossa elite, os mais escolarizados, acreditam que as universidades brasileiras têm condições de descobrir alguma coisa contra o câncer. Tamanha ignorância, desinformação tão absurda, faz parte do nosso mundo, faz parte do nosso dia a dia, e não ajuda nada.
Islândia e a Finlândia (melhor qualidade de vida do mundo) não devem gastar um único dólar na pesquisa da cura do câncer, mas destinam milhões para a construção de excelentes hospitais para o tratamento da doença. Os Estados Unidos, Suiça, e alguns poucos outros, é que estão há décadas no negócio da descoberta, gastando BILHÕES. Nós não conseguimos nem dar conta da dengue, mas vamos atrás do pau roxo e outras porcarias, desperdiçando um dinheiro QUE NÃO TEMOS. Podem saber que, para variar, tem corrupção nessa história da USP.
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-..-  
Está faltando Matemática no mundo. Sobram Ciências Sociais. Por causa disso a esquerda deita e rola. VC consegue conversar com um engenheiro sobre a bomba atômica em Hiroshima, o que é impossível tratando-se de um sociólogo. Embora os dois tenham sido educados considerando a bomba um crime, O MAIOR CRIME, o engenheiro consegue ouvir e, ao final, até aceitar que foi necessária. O sociólogo se contorce todo, acha que está em frente de um retardado (opa!, palavra proibida!) e na primeira oportunidade diz até logo e sai correndo disparado. Mais tarde vai contar a extraordinaria experiência aos amigos: “Pensei que essa espécie estivesse extinta!” “Não ! Jura que é verdade ?” Ele tentou mesmo te convencer ?”
-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.—.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.–.-.-.-.-.-.—.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Referindo-se à Dilma, ao Eduardo Cunha, e outros protagonistas do espetáculo que estamos vivendo, Gabeira termina desta maneira o seu artigo de hoje no Estadão – suas últimas frases: ” Ainda que palhaços e malabaristas nos divirtam, será preciso botar fogo no circo.” O que será que ele diz dizer com “botar fogo no circo”? O que será ???Hummmmmm…..

30 outubro, 2015 às 01:42

Tags:

Categoria: Artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *