O grande covarde; As crucificações feitas pelo ISIS; Krauthammer; Os ineficazes, pretensiosos, chatos, artigos contra o PT; Charges

Img_12082014_001

Obama foi tão longe em sua covardia que agora até a mulher mais mentirosa do mundo, sua ex-Chefe do Departamento de Estado, a notória Hillary Clinton, resolveu desafiá-lo, ridicularizá-lo, pois quer ser eleita em 2016 e percebeu que o povo americano está estarrecido com o comportamento do moleque recalcado. Nunca os Estados Unidos foram tão humilhados. Os seguidos episódios do ISIS perseguindo e matando cristãos, Yasidis,**  e seitas religiosas árabes das quais discordam estão envergonhando ATÉ a CNN. Obama aguarda 10 dias para enviar ajuda humanitária e, depois de esperar mais uma semana, corajosamente ordena que dois aviões Super Hornet ( aqueles que o Bananão não comprou) joguem meia dúzia de bombas em cima da artilharia dos bandidos – claro que avisando o alvo com uns três dias de antecedência.  Os curdos imploram DESESPERADAMENTE por armas e proteção, mas o moleque continua debaixo da cama, morrendo de medo. Esconde-se atrás dos argumentos conhecidos de que os USA não devem se envolver em outras guerras, que a luta entre os árabes só pode ser resolvida por eles mesmos, e toda aquela baboseira liberal que disfarça o escandalosamente visível: mulheres e crianças não podem sair correndo pelo deserto morrendo de fome e sede e sendo caçadas pelos malditos muçulmanos jihadistas que desbancaram a Al Qaeda, fundaram um califado, anunciando – para quem ainda não sabe – que vão fazer picadinho de nós assim que puderem.

 

** “Os iazidis[1] ou Yazidi (também Yezidi; curdo : ئێزیدی ou Êzidî) são membros de uma religião curda com antigas raízes indo-europeias. A maioria de seus seguidores vive em Mosul, na região do norte do Iraque. Existem comunidades tradicionais na Transcaucásia, Arménia, Turquia e na Síria, mas estas têm diminuído desde a década de 1990. Muitos dos seus membros emigraram para a Europa, especialmente para a Alemanha.

Os yazidi constituíam uma pequena seita, ligada ao Iazdânismo, que resistiu ao Islã durante séculos e era reivindicada como a mais antiga religião do mundo. Dela faziam parte elementos do zoroastrismo, maniqueísmo, cristianismo, islamismo e judaísmo. Os yazidi também acreditavam na metempsicose, como forma de redenção e purificação”.  (Wikipédia)

O que fariam Ronald Reagan, ou Nixon, ou Bush,  nessa situação? Mandariam vários porta-aviões para o Oriente Médio e pulverizariam esses malditos muçulmanos da ISIS.  O que fariam Putin e a China em represália ???????   NADA !!!!   

Ôpa, eu me esqueci que a Grande Porcina provavelmente mandaria o Itamaraty emitir uma nota condenando a violência americana e dizendo que o Bananão prefere a diplomacia.

 

Última forma: Não posso cometer uma injustiça. Obambi enviou ontem, dia 12,   130 soldados para ajudar os fugitivos a fugirem mais depressa ! Cento e trinta soldados !  E os bárbaros muçulmanos da Isis continuam fuzilando e CRUCIFICANDO essa pobre gente. Como Obama pode ser tão filho da puta ?!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Este é o território ocupado pelo Califado que pretende dominar o mundo. O que vai acontecer quando tiverem a bomba atômica?

 

 

Este é ABU BAKAR  AL BAGHDADI, chefe da ISIS, e o homem que se autoproclamou o condutor dos muçulmanos no planeta. Ele instituiu o califado que deverá reunir todas as organizações terroristas conhecidas (e desconhecidas) por nós. Seu objetivo, assim como o Iran, é dominar o mundo. Já provou ser o mais perigoso, o mais cruel, o mais organizado, e o que tem mais dinheiro entre todos os malucos dos quais temos notícia. É financiado principalmente pelo Qhatar, o maldito e riquíssimo país que subornou a FIFA para poder sediar a Copa do Mundo de 2022.  Poderíamos facilmente matá-lo se não ficássemos tão preocupados com os “efeitos colaterais”, isto é, se na operação para acabar com ele não morressem umas 50 , 100, 200, pessoas a respeito das quais as agências secretas americanas não têm informações. Quantos milhares este homem já assassinou? Estamos em guerra, e na guerra INOCENTES MORREM, nada pode mudar isto. Ou eles, ou nós, esperem e verão. Quanto mais o confronto for adiado maior o número de mortos. A esperança que podemos alimentar é a eleição de um republicano para presidente dos Estados Unidos em 2016.    

 

No cartoon a crítica de Hillary a Obama.  Ela diz que grandes nações precisam de grandes princípios e “Não se deve fazer coisas burras” NÃO é um grande princípio. Foi o que Obama disse muito tempo atrás a respeito de política externa. Com essa crítica, a mulher mais mentirosa do mundo cortou relações com o moleque medroso. Ele é rancoroso e deve estar se remoendo de ódio. No cartoon ele responde, todo desanimado com seus fracassos: ” A esta altura que diferença faz ?”

Political Cartoons by Gary Varvel

 

 

 

 

 

Political Cartoons by Gary Varvel

 

 

 

 

 

 

 

Political Cartoons by Steve Breen

 

 

 

Fugindo da morte

 

 

 

 

Political Cartoons by Nate Beeler

 

 

 

 

 

 

 

 

 

——–

——-

ALGUNS TRECHOS MAIS INTERESSANTES DO VÍDEO:

…………………Então, agora, a questão é como deveríamos controlar ameaças a nossa pessoa e ao bem estar econômico. Aqui conosco, direto de Washington, o analista político da Fox News, Charles Krauthammer.

E existe também a ameaça do terror. Putin, por exemplo, ele é uma ameaça direta para nós agora com a questão da Ucrânia? Provavelmente não. É mais aborrecido e constrangedor do que qualquer coisa. nota do blog: um pouco fora de propósito a afirmação de O’Reilly.  Putin tomando a Ucrânia é claramente uma ameaça aos USA.

Mas, você sabe, o exército do ISIS é certamente uma ameaça, o Talibã no Afeganistão, com certeza também. Se eles pudessem, eles nos atacariam. O que você acha que é a maior ameaça no mundo?

CHARLES KRAUTHAMMER, COLABORADOR DA FOX NEWS: E eu acrescentaria  a ameaça nuclear vinda do Irã. Essa poderia ser a maior ameaça de todas.

Bem, temos uma administração que pagou ao Irã 11.8 bilhões de dólares para negociar durante seis meses e terminou em nada. E agora, estamos pagando a eles 2.8 bilhões para nos dar mais quatro meses de inúteis negociações.

O’REILLY: Certo.

KRAUTHAMMER: E mesmo se chegássemos a um acordo, eu garanto a você, isto vai deixar o Irã  no limiar das armas nucleares, ou seja, distante apenas oito meses de ter uma bomba.

E acho que isto é a maior de todas as ameaças porque o terror, em escala comum, nos deu o 11 de setembro.  Mas o terror em escala nuclear nos dará uma destruição inacreditável, inimaginável. E isso pode estar chegando.

 

Entretanto, há uma diferença agora. É que antes com Reagan, com Clinton eu diria, com Bush pai, particularmente com a Guerra do Golfo, ou com o desafio da queda do muro de Berlin, nos tínhamos liderança americana.

Veja, o que mantem o mundo unido, o que tem mantido a liberdade do Mundo Livre desde a Segunda Guerra Mundial, têm sido os Estados Unidos representando o que John Kennedy disse, a defesa da liberdade.

Ele disse isso em seu discurso inaugural. Nós éramos os lideres. Nós protegemos a Europa, as pequenas potências, nós protegemos o Japão, protegemos os países do Pacifico.

E agora, o mundo esta olhando ao redor e dizendo, “Aonde esta a América?” Nós temos, como você falou o ISIS, Estado Islâmico no coração do Oriente Médio, o Irã se tornando um pais com armas nucleares, a  Rússia em movimento, a China reivindicando território a que ela realmente não tem direito.

E todo mundo esta dizendo, “Aonde esta a América?” E nós temos um presidente que diz que a Rússia esta do lado errado da historia. nb : Ver no blog, dia 30 de julho, artigo de Krauthammer onde ele analisa – quase que psiquicamente – o presidente Obama e sua ridícula visão de que os inimigos dos USA estão na “contra-mão da História”, o que justificaria a sua (Obama) não intervenção com emprego da força, já que eles, os inimigos, fracassariam no futuro. Mas o erro comunista ceifou 100 milhões de vidas, tornou infelizes milhões de pessoas por toda uma existência, até o momento do fracasso. E, de fato, ainda temos Cuba, Coréia do Norte, o neo-comunismo, o esquerdismo e toda espécie de infâmias que tornam a existência de suas vítimas um inferno. Obama não tem a perfeita noção do extraordinário papel dos Estados Unidos no passado quando evitou que nos tornássemos escravos da URSS. Prefere exercitar o seu radical liberalismo e acreditar que seu país é imperialista, que a CIA é um monstro, e tudo que os comunistas inventaram durante a Guerra Fria. De fato, Obama é um recalcado, um sujeito que foi criado pelo reverendo Jeremiah Wrigth, também um negro, que pregava abertamente o ódio aos Estados Unidos e chegou ao ponto de dizer que o governo americano havia injetado Aids nos negros. É o autor da famosa frase ” Deus amaldiçoe a América!” . Wright foi quem oficiou o casamento de Obama com Michelle e batizou suas filhas. O rompimento de Obama com seu mentor deu-se em março de 2008, quando Obama disputava com Hillary a sua indicação para concorrer à presidência, isto é, aconteceu praticamente ONTEM. O que se poderia esperar desse sujeito ?  Um antiamericano presidente dos Estados Unidos. Um neo socialista, um keynesiano, um demagogo, e mais recentemente um homem cínico e desonesto.

(INICIO DO VIDEOCLIPE)

Como se história fosse determinar coisas sem os Estados Unidos. E isto é provavelmente uma de suas crenças. Uma crença ideológica dele.

 

(FIM DO VIDEOCLIPE)

 

Mas isso significa que nossos aliados não têm certeza se haverá alguém para apoiá-los e nossos inimigos estão pensando que agora têm rédea livre para fazer o que bem quiserem.

O’REILLY: Para fazer exatamente o que quiserem.

KRAUTHAMMER: Porque o xerife foi embora pra casa.

O’REILLY: Seguramente Putin sente isso.

nb:   Putin, um sujeito frio, competente, determinado, percebeu que Obama é um galinha morta. Lembram-se do escudo anti-missil que Bush estava construindo na Polônia e República Tcheca ? Afetava DIRETAMENTE a Rússia, guardando enorme semelhança , em importância, ao “Guerra nas Estrelas”, o projeto de Reagan que fêz a URSS desmoronar de vez.  Pois bem, Obama, rapidinho, retirou o escudo para ganhar as simpatias de Putin, não recebendo nada em troca. Muito pelo contrário, o tempo se encarregou de mostrar que Putin agiu exatamente na direção contrária ao que Obama esperava. Na época escrevi a esse respeito. Acho um engano pensar que Obama, apesar de tudo, é inteligente. Aprendeu muito pouco com quase 6 anos de mandato. É o culpado da Criméia ter-se tornado russa, é o culpado pela queda do avião na Ucrânia, é culpado pela situação no Iraque quando retirou suas tropas, contra o conselho dos seus generais.  Continua se recusando a amedrontar, enfrentar, os inimigos do Mundo Livre.  A esta altura, um presidente com um mínimo de sangue nas veias, um mínimo de competência, já teria armado a Ucrânia até os dentes. Teria assinado um tratado comercial e militar com os ucranianos, obrigando a União Europeia a acompanha-lo. Ele PODE fazer isto. O poder militar americano é algo extraordinário, inigualável, e Obama se recusa a usá-lo. Sem atacar diretamente a Rússia e a China, ele não corre risco nenhum.  O liberal é um covarde. A covardia vem disfarçada de ideologia, mas é exatamente aquela que conhecemos pela observação no dia a dia de nossas vidas. 

Em tempo: Putin está com duas divisões na fronteira com a Ucrânia, aparentemente prontinhas para a invasão. Gostaria de dizer aos amigos leitores que em toda a minha vida, acompanhando obsessivamente guerras e problemas geopolíticos, nunca vi nada igual à inércia, à desmoralização do poder armado americano. O extraordinário é que os exércitos dos Estados Unidos NUNCA foram tão poderosos.

 

 

 

 

 

 

 

Political Cartoons by Gary Varvel

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Political Cartoons by Lisa Benson

 

 

 

 

 

 

Political Cartoons by Dana Summers

 

 

 

Political Cartoons by Lisa Benson

 

 

 

 

 

 

Um amigo enviou artigo de Guilherme Fiuza. Meus comentários estão em azul:

 

Artigo de Guilherme Fiuza, na revista Época, aborda as farsas praticadas pelo petismo, especialista em malfeitos:
Bem, é o seu trabalho, recebe para isto, o artigo é bonzinho e bem escrito, se não fosse por um detalhe:  acho que estamos saturados de análises mostrando o quando os petistas são malvados. Não acrescenta nada a nada. Puxar um cordãozinho aqui e alí, exibindo um novo ângulo das safadezas, é apenas parte dos shows de inteligência encenados por nossos articulistas de oposição. Falta a profundidade que neste momento se encontra no que seria terreno tachado de  ra-di-ca-lis-mo. Que tal escrever sobre os militares e sua curiosa aceitação de tudo que combateram durante décadas? Bateram continência para Raul quando este se hospedou na Granja do Torto ? Vão admitir que as três Escolas Militares formem oficiais petistas ? . 
  
No artigo em pauta Fiuza volta a falar nas passeatas de junho de 2012:
 
 
A mídia golpista está de novo chateando o governo popular. Só porque os missionários do PT no Planalto, no Congresso e na Petrobras foram flagrados montando uma farsa na CPI da estatal, essa imprensa burguesa que não tem mais o que fazer está novamente com manchetes escandalosas. Parece até que não conhece o modus operandi de Dilma, Lula e companhia. Para um governo que forja suas próprias contas – a céu aberto, para todo mundo ver qual o problema em forjar uma sessão de CPI? Nada de novo no front. O problema, esse sim escandaloso, não está na encenação, mas no palco.
 
O Brasil assistiu – sonolento, como sempre – ao sepultamento da CPI do Cachoeira em 2013. Três meses depois, os brasileiros inundaram as ruas para um basta contra alguma coisa que eles não sabiam (não sabem) o que era. Nem um único pedestre, ativista, ninja ou mascarado fez alguma pálida referência ao escândalo. Tratava-se de uma conexão mafiosa entre um mega bicheiro e uma mega empreiteira – a escolhida pelo governo popular para fazer a maior parte das obras do PAC. A Primavera Burra não viu que o Caso Cachoeira, se devidamente investigado com o clamor das ruas, passaria a limpo boa parte da República. Fiuza não entendeu nada daqueles primeiros movimentos de rua.  Escrevi quando ele os criticou, tempos atrás. Na época eu ainda tinha um pouco de paciência.

” Acho um tanto severas as considerações do inteligente Guilherme Fiúza. Vejam:”

Se o movimento que encanta o país fosse minimamente lúcido, cercaria o Palácio do Planalto depois desse pronunciamento. Poderia anunciar, pacificamente, que só sairia de lá com a extinção de pelo menos cinco ministérios inúteis, mantidos para alimentar correligionários. Ou com o compromisso da presidente de voltar a respeitar a meta de inflação. Ou denunciando o escândalo da “contabilidade criativa”, pelo qual o governo do PT passou a fraudar seu próprio balanço – seguindo a escola Kirchner-Chávez –, escondendo dívidas para poder gastar mais com cargos e propaganda.

Será que os heróis das ruas não percebem que é isso o que mais infla o custo de vida (e as passagens de ônibus)?”

É querer muito. Cercar o Palácio do Planalto, e “só sair de lá” depois da extinção de “pelo menos cinco ministérios” passou a ser obrigatório para o movimento ser considerado “mínimamente lúcido” ? Nossa. Também é injusto o sarcasmo da última frase, onde se exige dos  heróis das ruas”, que saibam o que seja contabilidade criativa, e de que maneira é inflado o custo de vida.

Continuando, preciso publicar o restante do artigo recente de Fiuza. Se eu fosse o leitor não leria nada, nadinha, é pura chatice (chatice inteligente) a respeito da corja petista.

 
Mas é perda de tempo falar de manifestações que hoje discutem se os pimpolhos incendiários podem ou não tramar em liberdade a explosão da cabeça do próximo inocente. Os novos donos do Brasil – os milionários imperadores do oprimido – sabem bem que nenhum lunático tranca-ruas desses corre o menor risco de entender o truque da elite vermelha. Por isso, a CPI do Cachoeira descansa em paz. Ela havia sido fomentada por Lula para atingir adversários do PT. Quando o oráculo viu que o caldo entornaria para dentro de casa, mandou parar a brincadeira. Nada como um líder.
 
E assim caminhava também a CPI da Petrobras, montada carinhosamente pelo governo com todas as cartas marcadas, para morrer a quilômetros da praia. A CPI do Cachoeira ainda tinha tido momentos insalubres, com o companheiro Collor, escalado por Dilma, Lula e Sarney para babar seu ódio contra a imprensa e tentar jogar areia nos olhos da opinião pública (como se precisasse). Na CPI da Petrobras, não foi preciso nada disso. Trabalho limpo, manipulação governista tranquila, maioria anestésica garantida – ninguém sabe, ninguém viu doleiro nenhum, muito menos ouviu falar onde fica Pasadena.
 
Mais um escândalo posto magistralmente em banho-ma-ria pelos companheiros, só esperando que a chegada da Copa do Mundo lhe desse o golpe de misericórdia – natural e indolor. Nem o mau humor dos 7 a 1 vexatórios lembrou ao distinto público a central de negociatas em que foi transformada a maior empresa brasileira. Tudo corria normalmente, até que surge a denúncia bombástica: os depoentes que responderam sobre a Petrobras na CPI são acusados de receber previamente as perguntas que lhes foram feitas pelos integrantes da Comissão.
 
A farsa em si não tem problema nenhum. Desde que o Brasil reelegeu Lula alegremente com o mensalão nas costas, a farsa está liberada. A CPI da Petrobras já era uma farsa antes da farsa, infestada de companheiros para não investigar nada. É como se você tivesse comprado o professor para lhe dar nota 10, depois montasse outro golpe para roubar o gabarito da prova! Tudo bem que sua vocação para o roubo seja forte, mas por que se arriscar tanto?
 
O caso do gabarito das questões da CPI para dirigentes da Petrobras é incrível, porque ali todos são índios da mesma tribo: perguntadores e perguntados servem à missão suprema de preservar o projeto de sucção do PT ao reeleger Dilma Rousseff. Essa operação para marcar as cartas já marcadas é, portanto, altamente intrigante. Um bom investigador diria, sem piscar: ainda há algum segredo valioso nessa história. Ainda bem que esse investigador não existe. O trabalho vai sobrar de novo para a imprensa burguesa, coitada. Como exploram essa elite branca.
 
É sempre um espetáculo assistir à ação coordenada do PT entre empresa estatal, Congresso e Palácio – naquilo que o ministro do Supremo Luís Roberto Barroso já explicou que não é quadrilha. Seja qual for o nome do esquema, tem a chance de chegar à perfeição se Dilma for reeleita.
Também publiquei, na época das passeatas, meus comentários a respeito do comportamento totalitário e arrogante do Reinaldo Azevedo e Rodrigo Constantino:
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-
Em seu blog Reinaldo Azevedo apresenta de forma dramática um vídeo do blog de Rodrigo Constantino: “Um liberal que não se deixou seduzir pelo “povo na rua”: Ou: “Acordem enquanto é tempo!”
Continua Reinaldo: “Rodrigo Constantino é economista. E é um liberal. É dos poucos que não cederam à tola tentação do “povo na rua”. Assistam ao vídeo( Não disponível)
.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-
 Começando o vídeo, onde Rodrigo Constantino critica  de maneira apocalíptica as passeatas, ele pergunta retóricamente  o que elas trouxeram de “resultados concretos” até agora . Sua resposta é confusa porque inverte a questão e diz no que elas ajudaram o PT   Não fêz a distinção indispensável entre o início do movimento que foi petista, estratégico, o Passe Livre, e o espontâneo, que surgiu logo após, o da juventude paulista. Então, as duas passeatas tiveram resultados danosos imediatos que foram  1 ) A reversão das tarifas de ônibus, como o Passe Livre desejava, e   2) Dilma propôs um plebiscito para uma nova constituinte. Rodrigo então discorre sobre o perigo da constituinte o que é óbvio, todo mundo é contra, ninguém é bobo. Sem dúvida é o caminho para o bolivarianismo, se os militares não reagirem.  Sobre as tarifas congeladas, foram os governos municipal e estadual de S.Paulo que executaram a medida, sendo que  Alkmin é da Oposição. Presumo que R. Constantino, um excelente economista, seja contra o congelamento porque além da medida ser populista-petista,  implica em grandes despesas para a  Prefeitura e o Estado.  Portanto, segundo seu modo de ver , por culpa das passeatas  tivemos uma medida já efetuada ( o congelamento das passagens – aumento de despesas ), e uma terrivel, perigosa, proposta do governo, a consulta popular para uma Constituinte. Pelos jornais é possivel sentir que não vai ser facil para o PT, mas o perigo existe. Por causa dessa manobra oportunista Rodrigo Constantino logo colocou um dos pilares do seu discurso no vídeo:  ingenuidade tem preço, ou, não é bom cotucar a onça com a vara curta sem ter competência para isso.
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-


Em seguida entramos no cerne da advertência amistosa que ele nos faz. Vejam o vídeo:  As passeatas são um método da esquerda, com o qual os liberais não concordam. Rodrigo diz que o que temos entre os jovens é um “clima anárquico”, “o clima que sempre condenamos”, e que “os métodos não são defensáveis. Trata-se de uma “revolta difusa”, “tomar as ruas”, “práticas que sempre condenamos”, “impedem o direito de ir e vir”, e se aceitarmos todos erros de conduta agora, estaremos prejudicando a causa da democracia mais tarde. Aceitar as passeatas   “pode afetar para sempre” a luta liberal. “Não aceitamos que os fins nobres justifiquem os meios nefastos”.



Fico imaginando o que de tão horrível esses manifestantes estão fazendo.  Por tudo que Constantino está dizendo as passeatas são a mais puro exemplo da idiotice útil.  Ele chama de “revolta difusa” a pluralidade de temas. Imagino que o melhor seria que tudo fosse uniformizado, perfeito. Quais são “as práticas que sempre condenamos” ?  Se estiver se referindo à baderna, ao vandalismo, nada disso é culpa dos manifestantes. “O direito de ir e vir” a que se refere é de um exagêro inaceitavel. Em qualquer lugar do mundo as passeatas sempre atrapalham o trânsito, por mais civilizadas que sejam. O pedestre geralmente é obrigado a mudar seu itinerário. Um dos trechos mais fortes do vídeo, nessa espécie de apêlo emocional ao nosso bom senso, é que aceitar as manifestações agora pode “afetar para sempre” os melhores propósitos dos que são realmente democráticos.



Sem querer provocar, porque respeito Constantino, como respeito Reinaldo, é insensatez fazermos passeatas ? Qual deve ser nosso comportamento? Reuniões a porta fechadas para debatermos como derrotá-los e depois sim, de alguma forma nos dirigirmos ao povo ? E justamente os jovens não podem se manifestar livremente pelas ruas? É o momento político porque passamos ( o que também seria errado) ou é algo para sempre ser discutido, como nós (eu) fazíamos em nossas organizações secretas antes de 64 ? Será que não estão percebendo o totalitarismo do que estão pedindo? Levem em conta, TAMBÉM, que a juventude brasileira está tentando imitar a juventude americana, tanto em suas virtudes quanto em seus defeitos.  A liberdade como essência, mas também o direito de fazer coisas ridículas como colocar uma flor no cano de um fuzil, que se transformou num ícone da esquerda por décadas. Aceitemos os defeitos, porque está na cara que demos um salto de qualidade ao sairmos as ruas. Não estou vendo ( posso estar enganado) nenhum contato, nem do Reinaldo e nem do Rodrigo com os manifestantes. É mais do que necessário.
O clima é realmente anárquico, mas não no sentido pejorativo. Cada grupo de jovens tem sua própria reclamação a fazer. É anárquico porque não se reúnem para organizar plenamente suas manifestações, o que a esquerda sempre fez. Nesse ponto  Rodrigo tem razão quando cita a experiência esquerdista, mas é tentando que se aprende. O know how esquerdista não é razão para que a ingenuidade seja condenada. Estou entendendo mal, ou durante um governo de  bandidos petistas é vedado sair à ruas porque eles, inteligentíssimos, experimentadíssimos em taticas de rua, vão nos fazer de gato e sapato, vão nos usar para conseguir um estado de exceção? Exatamente. Devemos sair às ruas somente quando tivermos conseguido o poder. Nesse caso estaremos aperfeiçoando nossas instituições, sem nenhum risco para o estado democrático.


As passeatas estão causando estragos no PT ? Claro que estão. Reinaldo, Rodrigo, Olavo de Carvalho, com a melhor das intenções, procuram tapar o sol com a peneira. Basta ver a incrível capa da VEJA: “Edição Histórica: Os sete dias que mudaram o Brasil”. Um exagero e tanto, mas na maior revista do país. Isto quer dizer alguma coisa. No entanto , no vídeo de Constantino parece que todos somos ingênuos, massa de manobra dos petistas. Aliás, antes que eu me esqueça, não foi nada agradavel o Reinaldo dizer que o “Rodrigo Constantino é dos poucos que não cederam à tola tentação do “povo na rua”.Sarcástica e muito ofensiva a maneira como rotulou tanta gente que amargura um governo do PT.
Ninguém pode garantir que a gigantesca movimentação popular não possa ser usada pelo PT para os seus piores propósitos, mas isto não legitima negar aos jovens o direito das passeatas. Se começarmos a pisar em ovos por medo do que a corja petista possa tramar já estaremos de certo modo na sua ditadura. Se os militares não estiverem atentos aos seus deveres constitucionais será a sua mais completa vergonha, e por outro lado estaremos ferrados. É isso.
 
 
Continua Rodrigo Constantino:  “Alguém acha que o governo vai desfazer os estádios, ou o governo vai sair demitindo funcionário público”?  Não, Rodrigo, duvido que um vigésimo dos manifestantes pense que isso seja possível. Não confunda ingenuidade e pouca consciência política com burrice.  O que está escrito nos cartazes é PROTESTO. Manifestantes em todo o mundo agem dessa maneira. E o pior é que depois dessa crítica inusitada ele conclui de maneira estapafúrdia: “ É óbvio que isso vai servir de justificativa para o governo ir avançando ainda mais no bolso do cidadão”.  O que uma coisa tem a ver com a outra ?
Depois é lido o famoso discurso de João Goulart pedindo reformas constitucionais.  É feito um paralelo entre o discurso e o que o PTpretende. Constantino tem medo do tipo de reação do governo petista; mostra-se “chocado com o clima eufórico”; diz que não se pode atuar “desrespeitando as regras do jogo”, e justamente por culpa das manifestações, os petistas, além do pedido da Constituinte, também estão preparando outras terríveis perfídias, como a importação de médicos cubanos.  Acho engraçado citar o Jango já que ele foi deposto pelos militares. Rodrigo Constantino não poderia ter escolhido um pior exemplo.  E que ele quis dizer com o estamos “desrespeitando as regras do jogo”. Como foi esse desrespeito?  Não me diga que está se referindo aos bandidos quebrando e saqueando.
Queremos “tirar o PT do poder”, mas parece que apenas de acordo com regras específicas, que o vídeo não diz quais são. Presumo que sejam eleições, porque quando houve a oportunidade do impeachment ninguém se mexeu, e, curiosamente, dizem que foi para não parecer golpe de estado. Estaria muitíssimo de acordo com o que Rodrigo pensa.
É muita teoria conspiratória, é muito medo da inteligência e  de uma estratégia que o PT não tem. Reinaldo, Rodrigo, e Olavo de Carvalho negam o desgaste visível, inquestionável, que o partido sofreu e continua sofrendo com as passeatas. Dilma estava um caco na reunião com os governadores. Se tudo estivesse correndo de acordo com os maquiavélicos planos petistas era  para a dona estar feliz e rejuvenescida.
Que mal pergunte:  Por que NUNCA os militares são mencionados em todo e qualquer artigo ?  Nem parece que por intervenção deles o Brasil foi palco de várias quebras do regime constitucional.
—.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-
Vejam a foto abaixo:   Uma linda menina e um cartaz radical. Joaquim Barbosa tornou-se popular porque insistiu, e parece que continua insistindo, na condenação dos maiores bandidos que o País já conheceu: Aqueles que roubavam o dinheiro do Estado( o nosso dinheiro), para modificar as lei do próprio Estado. O resultado seria uma ditadura petista constitucional. Eternizar o partido no poder. Não são apenas os “condenados” do Mensalão os únicos culpados. O bom senso, o que se conhece a respeito dessa turma, mostra que toda a cúpula petista, Dilma, Lula, e muitos outros sabiam, participavam, da compra dos votos dos deputados. Deveriam estar numa penitenciária.
Não acho que Joaquim deva ir além do seu cargo, ou que esteja com essa bola toda. Também não sei quem eu colocaria em seu lugar no cartaz. Impressionante constatar que no Brasil não existe nenhum nome confiável, acima de toda suspeita e sabidamente competente. Para minha enorme surpresa vejo que a moça colocou o Exército na ordem do dia. Sempre existe uma primeira vez. Espero que ninguém sofra um ataque do coração por causa do cartaz .
Exército mais barbosa bandidos presos

 

 

 

 

 

 

 

12 agosto, 2014 às 11:09

Tags:

Categoria: Artigos

Comentários (1)

 

  1. Alexander disse:

    Só merda..nunca vi um blog para dizer tanta merda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *