O novo míssil de defesa israelense; o terrorismo iraniano; o melhor para Obama se reeleger: bombardear o Iran; China, a terra dos larápios – charges

Quando Israel , Israel/EUA, atacarem as usinas nucleares iranianas, é esperada uma tremenda revoada de misseis iranianos (que alcançam 1000 km) diretamente para Tel-Aviv, Haifa, Belém, Jericó, Jerusalém, em suma, todo o minúsculo país. Esse preço é alto demais para Israel, embora pior fosse um Iran com bomba atômica. Pois bem, neste sábado foi oficialmente anunciado pelo governo americano que já está prontinho um tipo especial de missil ( só a pesquisa custou 245 milhões de dólares) para defender Israel. Assim, espera-se que os foguetes iranianos caiam feito moscas, sem chegar ao seu destino. E lembrem-se, o Secretário de Defesa americano, o risonho Leon Panetta, já anunciou para o mundo que o ataque israelense é para abril, maio, ou junho.

 

Notícia no jornal de hoje: “Irã restringe acesso à Internet e e-mails são bloqueados. O país bloqueia também a maioria dos sites estrangeiros, ao acusar a imprensa ocidental de participar de um complô contra a República Islâmica que seria liderado por Estados Unidos, Israel e Europa”. Eu dei o fora de lá no momento exato!

 

Tem se falado muito pouco no problema, mas provavelmente o Iran tem armas quimicas e biológicas. No desespero de um ataque avassalador dos EUA/Israel, terão coragem de usá-las ? Quais as consequências para o mundo ocidental ? Sim, porque Saddam usou  armas químicas  contra o Iran ( e contra os curdos) mas era uma guerra entre duas potências orientais chegadas ao barbarismo. Estive agora em Teeran e não posso acreditar que, bombardeadas as usinas, os Estados Unidos e Israel ainda tenham que atacar a capital, punindo os jovens iranianos que vivem naquela cidade, totalmente inocentes, e contrários à ditadura islâmica Mas, se morrerem soldados ocidentais por causa de artefatos químicos e biológicos, provavelmente a resposta será dura, embora, é claro, sem o uso dos mesmos recursos, totalmente proibidos pelas leis da guerra.

Ahmadinejad e a bomba inteligente iraniana: ” e aqui você vira a esquerda para a Jordânia”

 

Os generais dos Estados Unidos que invadiram o Iraque acreditavam PIAMENTE que Saddam as usaria. Estavam ABSOLUTAMENTE convencidos da sua existência por muitos motivos que já foram expostos no blog, mas a esquerda fez parecer que foi uma decisão isolada de Bush e seus “comparsas”, para ter o aval da ONU. O mundo inteiro engoliu essa mentira e Bush foi crucificado. Sem dúvida é uma das maiores farsas do século. Virou fato indiscutivel.  Os que têm acesso a livros não esquerdistas ( e mesmo livros honestos da esquerda )sabem que jamais se poderia supor que Saddam tivesse abdicado dessas armas. Quando houve a invasão, de soldado raso até general, todos tinham suas máscaras na cintura e lembro-me de haver lido a curiosidade de que o tempo necessário para colocá-las era de 14 segundos. Muitas vezes foi dado o alarme e elas foram usadas, para depois se perceber que não era necessário. Mas, somos obrigados a engolir filmes feito Zona Verde, onde tudo é mau-caratismo, tudo o que Holywood sabe fazer para apoiar os Liberais e denegrir os Republicanos. Não temos nenhum filme contra o Liberalismo.

 

Quando criança aprendi que os Republicanos eram riquíssimos, mandavam e desmandavam nos pobres Democratas. Que os republicanos eram por natureza  agressivos, que eram maioria, e coitados dos Liberais-Democratas, tinham que lutar para tentar derrotar a “máquina compressora” republicana durante as eleições. Tudo mentira. Eu consegui escapar da lavagem cerebral antes dos 40 anos de idade, mas vejo ainda meus colegas, alguns altamente inteligentes, que ainda pensam as mesmíssimas coisas. É freudiano, sem dúvida. Também tive sorte por ter sido presbiteriano, e assim cultivado o livre-arbítrio. Mesmo quando militava na esquerda altamente subversiva, a secreta e a oficial, a desconfiança sempre esteve ao meu lado.

 

Se o nivel de desemprego nos Estados Unidos continuar estavel, ou diminuir, basta Obama bombardear as usinas atômicas iranianas para se  reeleger. É tão oportunista, tão demagogo, tão desonesto, tão imperial no pior sentido da palavra, que eu quase tenho certeza de que vai faze-lo. Enquanto as bombas estiverem sendo jogadas fará um pronunciamento à Nação, dizendo que tentou de todas as formas o diálogo com os iranianos, mas que não lhe restou outra opção, já que o diálogo foi recusado. Esse é o script. Sabemos que jogou para o alto todas as suas “convicções” liberais mais caras com respeito aos direitos humanos. Restou-lhe a tentativa de implantar um sistema social-democrata nos EUA, isso que a Europa está pagando um preço altíssimo por haver adotado. Obama quer o estado grande, o estado-babá, decidindo tudo sobre todos. Detesta os ricos, nunca entendeu a riqueza, e isso tem muitíssimo a ver com o fato de ser negro e fazer parte de uma minoria.

 

Sua demora em bombardear as usinas pode custar mais vidas americanas e israelenses, tanto no momento da ação quanto nas consequências terroristas a posteriori. O Iran se acostumou com a possibilidade de ter a bomba, ela está ao alcance das mãos. Ficou também muito melhor defendida, é claro, depois de tantos anos de ridículas conversas e sanções. A frustração poderia ser bem menor se o brinquedo tivesse sido retirado há mais tempo. Bush não pôde fazê-lo. Enfrentava duas guerras e, pior, uma gigantesca onde de calúnias, difamações e desmoralização que impedia qualquer outro ato de força. Já conseguiu muito atacando o Afeganistão e o Iraque. Pode ter a consciência tranquila.

 

-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-

Foi detectado na Síria a presença de um importantíssimo militar-terrorista iraniano. Esqueci o nome da figura, mas ele é o responsavel pela tentativa de matar o embaixador saudita nos USA, e reporta-se diretamente ao Supremo Lider o aiatolá Ali Khamenei, e não ao presidente Ahmadinejad. Sua presença em solo sírio mostra a preocupação iraniana em não perder o excepcional aliado.

.-.-.-.–.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.–.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-

 

Manchete no Estadão: “A ameaça dos espiões digitais na China. Viagem corporativa ao país exige “operação de guerra” para evitar roubo de informaçõesSão os ladrões mundiais, trambiqueiros, arrogantes, não cumprem nenhum compromisso, zombam da comunidade internacional, falsificadores, povo sem nenhum caráter, mas a esquerda está louca para que ultrapassem os Estados Unidos, o que é um sonho impossivel. Há pouco foi descoberto que durante dois anos saquearam segredos militares e industriais de todos mundo, especialmente dos USA.  E continuam os elogios para essa corja, “um exemplo de como crescer”, “que país!”, “o PIB”,  e blá, blá, blá. Os insensatos zumbis esquerdistas não entendem que a China está condenada a ter que alimentar 1.300 bilhão de habitantes, tem imensos problemas de etnia e quando se democratizar perde 1/4 do seu terrritório. Para saber mais sobre o assunto clicar no título de meu artigo: A ditadura chinesa que a esquerda adora;    e    EUA não podem confiar na China 

 

Temos lido por esses dias a respeito do enorme salto para a cura da Alzheimer, vindo de duas universidade americanas. E o que a China faz ? Acupuntura, que a comunidade científica internacional se recusa a levar a sério. Que me desculpem os que acreditam em medicina oriental, medicina cubana, disco voador, americanos querendo tomar a Amazônia, Chico Xavier, padinho Ciço, brasileiro povo mais alegre do mundo, Fernando Henrique, Serra, Brasil no Conselho Permanente de Segurança da ONU,  Dilma honesta, e  deixa prá lá.  Para os que ficaram indignados com “medicina oriental”, só tenho a meu favor o fato de haver morado 5 anos na China. Puxa vida, cinco anos – nem acredito que possa ter sido tão burro.  Clicar no título do meu artigo Cinco anos na China e verão muitas fotos bonitas. ( O artigo foi publicado no Estadão)

 

A charge é excepcional. O oficial pergunta: WHO raqueou nosso sistema ? O soldado responde: Afirmativo, Sir.         (Trata-se de um excelente trocadilho. Who tem a mesma pronuncia de HU que era presidente da China naquele ano de 2007, quando foi feita a charge. HU aparece na telinha agitando a bandeira chinesa). Infelizmente esse pessoal, Cox &Forkum, parou de trabalhar e na minha opinião eram disparado os melhores entre todos os chargistas.    

13 fevereiro, 2012 às 01:11

Tags:

Categoria: Artigos

Comentários (1)

 

  1. Marco disse:

    Muito bom! Você está em forma!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *