O que realmente está por detrás da controvérsia sobre a mesquita perto das torres ( Bill O’Reilly) vídeo traduzido e comentário do blog-charges

What’s Really Behind the Ground Zero Mosque Controversy ? |O’Reilly Factor

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=2g2xT57WZ8A]

ABAIXO ESTÁ A TRADUÇÃO DESSE VÍDEO

 

Parece que todo o dia a extrema esquerda tem uma nova desculpa para apoiar a mesquita proposta perto do Marco Zero. As últimas vêm de Adam Clayton Powell IV, que esta se candidatando contra o assediado congressista Charles Rangel.

(INICIO DO VIDEOCLIPE)

ADAM CLAYTON POWELL  IV, CANDIDATO DEMOCRATA DO CONGRESSO, NY: O fato é que isso é  semelhante ao perfil racial em relação aos muçulmanos, que tomou conta de aeroportos; eles apenas estão tentando adorar a sua religião como os cristãos fazem e a comunidade judaica também. Se fosse uma sinagoga ou igreja, ninguém estaria reclamando.

(FIM DO VIDEOCLIPE)

Está certo, Sr. Powell. Ninguém estaria reclamando porque cristãos e judeus não estavam envolvidos no ataque de 11 de setembro. Os muçulmanos radicais estavam. E você deve lembrar que o mundo muçulmano  largamente não condenou a ação da Al-Qaeda, enquanto muitos cristãos e judeus sim.

Agora, o homem por trás da proposta da mesquita é o imã Feisal Abdul Rauf que tem sido mostrado na imprensa como um muçulmano moderado. Mas em 30 de setembro de 2001, apenas 19 dias após os ataques de 11 de setembro, o falecido Ed Bradley entrevistou o imã no “60 Minutos”.

(INICIO DO VIDEOTAPE, “60 MINUTOS”)

ED BRADLEY: Você esta de alguma forma sugerindo que nós aqui nos Estados Unidos merecemos o que aconteceu?

IMÃ FAISEL ABDUL RAUF: Eu não diria que os Estados Unidos mereceram o que aconteceu, mas as políticas dos Estados Unidos foram um acessório para o crime que aconteceu.

BRADLEY: Você esta dizendo que nos somos um acessório?

RAUF: Sim

BRADLEY: Como?

RAUF: Porque temos sido um acessório para a morte de muitos inocentes no mundo. De fato, num sentido mais direto, Osama Bin Laden foi criado pelos Estados Unidos.

(FIM DO VIDEOTAPE)

Agora, o fato de um clérigo muçulmano acreditar que os Estados Unidos têm sido um acessório para intencionalmente tirar vidas de inocentes é muito perturbador. Este é um ponto de vista anti-americano. Então,vamos parar com esse contra-senso sobre o imã Rauf. Ele não é amigo para a America.

Outro ponto forte sobre essa controvérsia vem do analista de estratégias da Fox News, Rauph  Peters, que escreveu isso: “ Esse complexo da mesquita do Marco Zero seria um símbolo, não de reconciliação e tolerância, mas do maior triunfo da violenta ‘Guerra Santa’ em três séculos, o 11 de setembro. Esse mega complexo da mesquita será interpretado por fanáticos ‘linha dura’ como um monumento a vitória deles em 11 de setembro”.

Agora, para ser justo, a maioria dos muçulmanos não é de fanáticos malucos e não veria a mesquita proposta como qualquer tipo de vitória.Mas como o Coronel Peters afirma os radicais veriam. Logo, o argumento mais importante continua. Não há razão para que a mesquita seja construída neste sítio. Não há população muçulmana nas redondezas! E muitas famílias do 11 de setembro são contra. Mas, de alguma forma, a liderança democrata não enxerga isto. E agora, a presidente da Câmara  Nancy Pelosi  esta exigindo uma investigação de quem esta se opondo à mesquita.

(INICIO DO VIDEOCLIPE)

REPRESENTANTE NANCY PELOSI, DEMOCRATA-CALIFORNIA: Não ha dúvida de que há um esforço combinado de alguns, para fazer disso uma questão política. E eu me junto àqueles que têm pedido para investigar como essa oposição à mesquita está sendo financiada? Como essa coisa esta sendo estimulada?

(FIM DO VIDEOCLIPE)

Bem, a Fox News me paga. Assim você pode economizar muito dinheiro do contribuinte, se você quer investigar.  São eles que me pagam. Eu sou contra a mesquita.

Bem, pouco tempo depois que Ms.Pelosi disse isso,ela fez outra declaração dizendo que gostaria de saber quem está financiando a construção da mesquita também.  Marola. E os democratas querem saber por que seus números nas pesquisas são catastróficos???

TRADUÇÃO: Célia Savietto Barbosa

nota do blog: Isso é o fim da picada. Só mesmo nos Estados Unidos para eles estarem admitindo essa maldita mesquita exatamente ao lado de onde morreram 3 mil pessoas por conta dos muçulmanos. Isso jamais aconteceria em qualquer outro país do mundo. Já imaginaram se fosse na França ? E no Brasil ? E se no Bananão alguns bolivianos, paraguaios, tivessem  por loucura matado umas 50 pessoas em um massacre no centro do Rio ? Nós deixaríamos que eles construíssem ao lado da cena do crime uma CASA DA CULTURA BOLIVIANA ? “Ah, mas aqueles eram uns loucos, não são todos os bolivianos que querem cometer assassinatos”  Esse seria o argumento. E tem mais: Vemos o Bill O’Reilly dando uma de bonzinho, “sabemos que não são todos os muçulmanos que são radicais” e blá, blá, blá.  Esse é o passaporte para poder se falar contra o terrorismo. ( Outro “passaporte” muito usado até pouco tempo: para se criticar Obama o articulista precisava, no mínimo, de uma linha falando mal de Bush) Sempre é necessário mostrar-se NÃO RACISTA, não preconceituoso. A realidade é outra. Os tais muçulmanos bonzinhos nunca condenam prá valer o que os seus irmãos mauzinhos fazem.
E a maioria dos bonzinhos gostaria muito de exercitar sua religião, partindo para cima de nós quando forem fortes o suficiente para isso. No fundo torcem para seus irmãos terroristas. Só não querem ser prejudicados agora .Como estão na casa dos outros não podem comemorar atentados pelo mundo afora. Mas lá longe, nos países de onde vieram, ou de onde seus pais vieram, sempre vão para a ruas aos berros de contentamento. E nos Estados Unidos estão completamente a salvo. Essa mesquita (13 andares ?) é um acinte à memória dos que morreram naquele lugar. E o Imã que está liderando a causa nem esconde que é anti-americano. Fala abertamente. Estamos muma encruzilhada. Os que sabem sabem, os que não sabem continuarão suas vidas de zumbis.

 

——

22 agosto, 2010 às 20:25

Tags:

Categoria: Artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *