Os pobres cachorros chineses e O cachorro que não gosta de Barack Obama

Texto enviado por um leitor que morou na China:
 
A justiça oriental é cruel. Me lembro de um caso de raiva canina que se alastrou por um cantão do sul da China. Como não havia vacina em estoque, o comissário local do PCC  (Partido Comunista Chinês)mandou os fiscais da prefeitura matarem a cachorrada a pauladas. Foram 55.000 numa semana, numa  comuna equivalente em área à de um município do interior goiano de seus 100 mil habitantes. Mas a nota tragicômica foi a performance dos fiscais. Às vezes, era a família, pai, mãe e filho (a) único(a), que saía para passear no fim de tarde com o tótó, e quando chegavam os fiscais não tinha choro nem arreglo, executavam no ato. E, em grande número dos casos, os cães estavam com a papelada em ordem, vacinados etc. À noite, percorriam as ruas com os cacetes estralando nas grades das casas e, se algum latia, entravam e matavam ali dentro mesmo, no banheiro, na cozinha ou na sala de jantar. A epidemia foi rapidamente debelada. Os únicos que sobraram foram os cachorros da polícia, dos bombeiros etc. Essa é a China.
-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.
O CACHORRO QUE NÃO GOSTA DE BARACK OBAMA 
                                      
[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=XivhwO_zWWg]

3 junho, 2010 às 13:22

Tags:

Categoria: Artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *