Prenuncio de roubo em Brasília, Chavez resolveu se suicidar, o ato falho do PR, política externa de Dilma é a mesma de Lula

E o governador de Brasília (PARECE, eu não sei) que insiste em querer roubar na venda de um imenso espaço para que sejam construidos prédios que financiariam o estádio que precisa ser estar pronto para a Copa de 2014. A área é tombada, e a Justiça, por enquanto, vetou a operação. Além do roubo na venda ( provavelmente vai vender pela metade do que vale)  ainda vai haver o roubo na construção do estádio ( aonde ele vai, provavelmente, pagar o dobro do preço). Deve estar furioso: Se todo mundo mete a mão porque ele não pode fazer o mesmo ? E diz que tudo isso (venda e compra) é necessário para gerar emprego e renda. ( A renda é principalmente para seu depósito no exterior). Eu nem sei o nome do governador, e nem quero saber. Apenas constato o que acontece todo dia – o que é notícia nos nossos jornais DIARIAMENTE.

-.-.-.-.–.—.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-..-.-.-.-..-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.– 

Essa é inacreditavel para quem consegue enxergar: O PR, partido da roubalheira no Ministério dos Transportes, quer que Dilma use  “a mesma balança” em outros setores do seu governo e também demita pessoas. É quase um ato falho:  Se nós não podemos roubar os outros também não podem, é injustiça!

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.—.-.-.-.—.-.-.-.-.–.-.–.-.-.—.-.-.-.-.-.-

E ao contrário do que foi anunciado, o companheiro Chavez não aceitou o convite feito pela companheira Dilma para tratar de seu câncer em S.Paulo (certamente NÓS pagaríamos todas as despesas ). Preferiu se suicidar indo para Cuba. Imagino a correria em Havana, com o governo pedindo equipamentos à Espanha e outros países europeus. E também roupa de cama nova, toalhas de banho felpudas, sabonetes, creme de barbear, pasta de dentes e muita coisa mais. Na última vez que visitei o campo de concentração tive a maleta roubada no aeroporto. Precisei ir aos hoteis mais chiques ( só para turistas) comprar o essencial. A pasta de dentes me pareceu estranha, mais fui usando, até que percebi, já em Miami, que estava com a boca toda queimada, dificil até comer mastigando bem. Boa sorte, Chavez!

E o Estadão publicou artigo do jornalista Peter Wilson onde ele diz o que eu tenho afirmado no blog: Chavez é insubstituível. Peter Wilson admite uma guerra civil se o homem bater as botas. 

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.—.-.–.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-.-.-.-..-..-.-.-.-.-.–.—.

Agora é oficial: Allende se suicidou.  Usou um AK 47, a arma dos bad guys em todo o mundo. Foi um presente de Fidel. Allende queria, abertamente, transformar o Chile em outra Cuba. Os chilenos foram salvos pelo grande general Pinochet, uma das figuras mais caluniadas do planeta. Na época, 1973, foram os comunistas, ao lado dos idiotas úteis, que o transformaram em um monstro. Após a queda da URSS, a situação não se modificou: a imprensa mundial, toda ela esquerdista, ainda sustenta a mentira. A história é longa e está espalhada em muitos artigos no blog.

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.-..-.-.–..-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.–.-.-.–.-.-.-.-.–..-..-.-.-.-.-.–.-.-

Definitivamente acabaram-se as dúvidas: A dona Dilma vai mesmo apoiar bandidos, seguindo a mesma política de Lula nas relações internacionais. Agora, seu ministro, o tal do Patriota, se mostra aliado do carniceiro Bashar Assad, presidente da Síria. Diz a agência estatal síria, Sana: ” O ministro Patriota expressou como seu país aprecia as reformas do presidente Assad, indicando que o diálogo político é a melhor forma para resolver os problemas “. Diz o Estadão: “Em junho, EUA, França e Grã Bretanha ficaram irritados com a relutância do Brasil em apoiar uma resolução condenando a violência do regime de Assad, que já provocou a morte de cerca de 1,2 mil pessoas”. E aqueles que têm um mínimo de inteligência são obrigados a suportar esta frase absurdamente idiota: o “diálogo político é a melhor forma de resolver problemas” que foi usada ad nauseam pelo Lula, enquanto se recusava a aceitar qualquer sanção (mesmo as morais), contra ditadores pelo mundo afora.

20 julho, 2011 às 01:05

Tags:

Categoria: Artigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *