Zé Dirceu quer as Forças Armadas petistas, e vai conseguir

É impressionante. Sai dia, entra dia, e ninguem fala nada sobre a petização das Forças Armadas. Agora o Zé Dirceu, “cobra mais investimentos nas Forças Armadas”. Quer armar o Exército a Marinha e a Aeronáutica. Quer que o Brasil fabrique misseis, “de defesa ” é claro, caças ( de preferência os micos Rafale, da França, e roubar muito, comprar essa porcaria por dez vezes o que vale). Dividir o dinheiro com toda a corja do PT. Ninguém segura esse maldito partido! Há anos que venho falando no assunto. Mudar os professores nas escolas militares de formação de oficiais,  equipar as três armas, e o que ainda não se falou: aumentar o salário dos milicos. Quanto tempo vão levar para abordar esse terceiro ponto ? A qualquer momento. E a imprensa não vai nem se tocar que estamos perdendo a nossa única segurança, nossa única esperança: As Forças Armadas. Em quem vamos confiar nossas vidas, se queremos continuar livres ? Ao Fernando Henrique, ao Serra, ao tal de Kassab, Alkimin, Aécio  ? Figuras desbotadas, gastas, sem energia, sem coragem, desmoralizadas, cansativas, politiqueiros, vaidosos, egoístas, sem nenhum projeto para o país.

O PT está com tudo as mãos. Os jornais correm risco com essas várias tentativas de “regular” a imprensa, mas se isso falhar, temos a publicidade governamental, ou seja, os comerciais da Petrobrás, BR Distribuidora, Banco do Brasil, Caixa Econômica e muita coisa mais. Se forem cortadas as publicidades os jornais começam a ceder com uma rapidez supersônica. E se continuarem a chatear vão colocar a Receita Federal em cima deles. Talvez seja bom a Polícia Federal também. Esses dois transformam em um inferno a vida de qualquer emprêsa ou pessoa física.

Depois de 9 anos de governo o PT está descobrindo o óbvio, ou seja, que existe um momento em que para ficar completamente à vontade, completamente dono do país, precisa anular os seus históricos inimigos: As Forças Armadas. E agora estão entrando com tudo. O momento chegou. O leitor pode clicar em cima do titulo de meu artigo:  Já está acontecendo: Portaria 1.874-A, que vai colocar o PT nas Escolas Militares

Discursando em seminário na Câmara de Comércio e Indústria Brasil-China o ladrão afirmou: ” um país da dimensão do Brasil não pode deixar de ter um poder militar defensivo tecnologicamente avançado” . Mentiroso. Nem passa pela cabeça de Zé Dirceu um país armado para se defender. Quer o Brasil pronto para ameaçar, pronto para se aproveitar dos vácuos de poder que vão se estabelecendo pela América do Sul, Central e o que vier pela frente. Deve ter sido um gostinho maravilhoso quando esses canalhas promoveram em Honduras um desafio aos militares hondurenhos, transformando a embaixada brasileira em Tegucigalpa em quartel-general de Chavez e Lula.

Zé Dirceu foi de um cinismo monumental : ” A China é o principal fator de moderação de paz no mundo de hoje”. Ah, a adoração que a esquerda tem pela China! Esse país ditatorial comunista não é moderador em nada, e nem se dá ao trabalho de disfarçar. Não aguenta um tapa dos Estados Unidos, tem pavor de ver um Japão belicoso ao seu lado, sabendo que isso pode acontecer da noite para o dia, dependendo da vontade dos americanos. Só mesmo esses larápios mundiais, ladrões de patentes, ladrões de patrimônio intelectual, famosos falsificadores, gente sem nenhuma palavra ( quem acredita em chinês é doido) para convidar o famoso “chefe de quadrilha” para participar de um forum na Câmara de Comercio e Indústria Brasil-China, sabidamente um antro de larápios, um lugar sem nenhum prestígio, um botequim onde se reune a máfia. Por acaso vocês acham que esse ladrão seria convidado para falar em algum seminário promovido pela França, Inglaterra, Espanha, Portugal, enfim qualquer país com um mínimo de decência ? Só mesmo a China que só pensa em trambiques para convidar uma figura dessa laia para discursar.

E o Zé Dirceu também falou  em que ” temos que proteger nossa riqueza do pre-sal com uma Marinha em águas azuis”. Proteger de quem ? Ora, dos americanos, que roubam a riqueza de todos os países, e são simplesmente siderados em petróleo. Eles não invadem todos os países do mundo atrás do óleo ?  E vocês entenderam esse toque poético que o ladrão fez: ” em águas azuis ” ?

Só temos as Forças Armadas para nos proteger de uma ditadura, e parece que elas vão ser minadas, contaminadas, dominadas, enfim, vão  ser petistas. Alguém está falando sobre isso ? Os jornais dizem alguma coisa ? Nada, silêncio. O PT não não deve acreditar que um golpe tão claro possa passar completamente despercebido. Só faz aumentar seu desprezo pela oposição, que não existe, e pela cegueira dos nossos articulistas e editorialistas.

14 setembro, 2011 às 14:41

Tags:

Categoria: Artigos

Comentários (13)

 

  1. Marco Balbi disse:

    Muito bom artigo! Distribui a todos os militares da minha rede!

  2. Jose Newton Perao disse:

    Muito interessante….está na hora de se fazer uma barragem de fogo (no sentido político/estratégico).

  3. claudiomafra disse:

    Hummm… talvez a barragem de fogo deveria ser feita em outro sentido…

  4. Edisio C Amaral disse:

    Se tudo for verdade o que será dos meus netos,com a minha idade não sei se assistirei tudo isso, mas ainda confio nas Forças Armadas, pq.nunca vir nenhuma trapassa toda minha vida.

  5. wagner disse:

    A situação das FFAA está critica. Vemos o descaso dos nossos governantes com o mais importante órgão publico do país, que são as FFAA.
    Sabemos que a hierarquia e a disciplina são à base das FFAA de qualquer país, mas infelizmente no Brasil não estão levando a sério a hierarquia das suas FFAA, estão tratando as FFAA como se fossem um setor qualquer de serviços públicos. A polícia federal, polícia militar, polícia civil, bombeiros militares e outros agentes de segurança estaduais estão recebendo mais investimentos do que as FFAA. Isso gera uma migração de militares, qualificados das FFAA, a procura de melhores oportunidades de emprego. Se a obrigação das FFAA é ter em seu contingente os homens mais bem preparados do Brasil.
    O efetivo das forças de seguranças estaduais já supera de longe o efetivo das FFAA, se ocorrer uma greve generalizada das seguranças estaduais, com certeza as forças armadas não terão condições de suprir a falta desse pessoal. “E na pior das hipóteses” se acontecer uma revolta, um motim das forças de seguranças estaduais as forças armadas não terão a mínima chance de primeiro lugar, proteger a população e em seguida combater os agentes públicos rebelados.
    A obrigação das FFAA é proteger cada cidadão brasileiro, de agressões oriundas do exterior ou de ameaças internas. Vemos que no Brasil ocorreu uma quebra na hierarquia, as forças auxiliares se tornaram titulares, e as titulares viraram auxiliares. Essa inversão de hierarquia põe em risco a população brasileira, pois, se efetivamente não damos conta da nossa defesa interna, imagina um ameaça externa.
    A desmotivação do efetivo pessoal das FFAA brasileiras é gritante, com jornadas de trabalho exaustaste, remuneração baixa, condições e equipamentos de trabalho precários. Com o que há de melhor nas FFAA, que é o efetivo humano, desmotivado e desacredito, o Brasil corre um grande risco de perder o controle das FFAA. Podendo, quem sabe, um dia as FFAA se rebelarem contra o governo.
    Esse quadro pode melhorar se ocorrer uma política séria voltada para a segurança Nacional. Sugiro um aumento do efetivo das FFAA em torno de 40%, isso só para começar a pensar em segurança Nacional. Investimentos no pessoal das FFAA, pois, é o militar que é o pilar mais importante da segurança de uma nação. Reaparelhamento das FFAA, com o que há de mais moderno no mercado. E jogando fora toda tecnologia da década de 90 para trás. Investimento em artilharia antiaérea, e artilharia costeira. Para proteger nossas cabeças de praias, pelo menos 1 btl de GAC e GAA em cada capital que tem cabeça de praia. Investimento na aeronáutica, com pelo menos 150 caças modernos. Compra de 200 helicópteros de combate, para atuar nas fronteiras e principalmente na Amazônia. Compra de 300 Helicópteros de transporte de pessoal e carga. Cada batalhão terá viaturas disponíveis para transportar seu efetivo, para qualquer lugar do Brasil. Cada pelotão deverá ter disponíveis viaturas de transporte em funcionamento. Disponibilizar o curso de pára-quedista para todos os batalhões de infantaria, pois, a maneira mais rápida de mobilizar tropas em um determinado lugar é lançando ela de pára-quedas, e isso tornaria mais rápida a chegada de reforços de tropas nas fronteiras. Ensinar, capacitar e treinar militares para o curso Dompsa, com o intuito de distribuir cargas em tempo recorde para qualquer lugar do Brasil, lançando viaturas, alimentos, armamentos e outras cargas para suprir um combate em locais onde não tem acesso por terra e mar. Proteger a Amazônia Azul, com 5 frotas com o que há de mais moderno em navios de guerra, submarinos, e pessoal treinado contra terrorismo. Para patrulhar o oceano atlântico. Criar um plano para evitar terrorismo na área da Amazônia azul, proibindo o tráfego de navios e aviões nessa área. Ter o controle total de quem entra nessa área. Investir em radar para procurar submarinos, navios, aviões e qualquer outra ameaça na área da Amazônia Azul.

  6. VISITEM O MEU BLOG PARA CONHECER A ESTRUTURA DO NARCOTRÁFICO. SE TODO MUNDO SOUBESSE DISSO, PRATICAMENTE NINGUÉM CONSUMIRIA DROGAS. RÚSSIA É DONA DO NARCOTRÁFICO E FIDEL É O GERENTE… A RIQUEZA DA ESQUERDA ESTÁ NO NARCOTRÁFICO… O MANUAL DE IMPLANTAÇÃO DO COMUNISMO DESTACA ISSO: “SEM NARCOTRÁFICO, NÃO HÁ COMUNISMO.”

    http://alingua.blogspot.com/search?q=DiLMA+FARC

  7. URBANO disse:

    temos que nos unir e acarbar com estes vermelhos , OU DEIXAR A PATRIA LIVRE OU MORRER PELO BRASIL” EU JA DISSE QUE O REGIME MILITAR ERROU EM DEIXAR ESTES VERMELHOS VIVOS , ACORDEM SR COMANDANTES DAS NOSSAS GLORIOSAS FORÇAS ARMADAS , ACORDA NAO DEIXEM A GLORIA DO REGIME MILITAR SE AFUNDAR EM MAR DE LAMAS , REAJAM , TEMOS QUE PARALISAR ESTES COMUNISTAS

  8. Luiz Antonio disse:

    Prezado Cláudio, hoje (Janeiro 2.013)tive a oportunidade de apreciar algumas matérias. Gostaria de saber se o pessoal de “caserna”, acompanha vossos textos, principalmente os mandatários. Fosse eu um General ; não participaria de qualquer que fosse a comemoração da petralhada.Pergunto, iriam (os petralhas) fazer o que? Sou da velha guarda e não descarto um valor militar chamado MORAL.
    Parabéns, .
    Luiz ….

    • claudiomafra disse:

      Caro Luiz Antonio,
      Sim, os militares acompanham os meus textos.
      Com respeito ao ato de não comparecer às solenidades petistas: Hipóteses: 1 – A Presidência poderia ignorar o fato para não provocar atritos; 2 – A Presidência tentaria enquadrar os militares através do ministro da Defesa, mas sem puni-los. 3 – A Presidência determinaria ao ministro o enquadramento e a punição
      Voltarei ao assunto o mais breve possivel tentando descrever todos os cenários.
      Agradeço os parabéns e o comentário. abraço

  9. Luis disse:

    Tudo bem Claudio?

    Poderia esclarecer em que condições as Forças Armadas podem voltar ao governo?
    Essa situação que vivemos já não bastaria para que voltassem mesmo sem o povo pedir uma vez que o país está tomado de corrupção e se desintegrando em todos os sentidos?

    Obrigado desde já.

    • claudiomafra disse:

      Tubo bem, caro Luís.

      Eu parto do princípio de que é DEVER SUPREMO dos militares não permitir a doutrinação petista nas escolas de formação dos oficiais. Seria nos jogar às feras, uma verdadeira desgraça, uma traição.
      Muito bem, como eles conseguiriam impedir o que já é lei ? Pela ameaça de usar a força, é claro. Não existe outra maneira. Que tudo se passe nos bastidores seria o melhor para todos. Que os petistas governem, que continuem os roubos, que o mundo venha abaixo, MAS as escolas precisam continuar intocáveis. Não existe nada a perder por parte das Forças Armadas porque trata-se, nada mais, nada menos, do que de sua sobrevivência. No caso do PT botar a boca no trombone denunciando os militares, o que eu duvido que seja feito, as consequências seriam muitas, mas é motivo de outro artigo.
      Para aqueles que possam ficar escandalizados quando eu digo que os militares não podem respeitar a Portaria 1874-A, nada a declarar. Seria cansativo demais.

      Penso que a ordem institucional não deve ser rompida. Por outro lado, repito, os generais precisam mostrar que não vão permitir que o País se transforme em outra Venezuela. O PT precisa ficar com medo de colocar para funcionar o disposto na Portaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *